Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COl reitera tolerância zero para doping

08 de Outubro, 2015

O presidente do Comité Olímpico do Panamá, Camilo Amado, salientou o apoio do Comité Internacional

Fotografia: AFP

O director -geral adjunto do Comité Olímpico Internacional (COI), Peré Miró, afirmou ontem, que o principal objectivo dos próximos oito anos, passa por proteger os atletas que joguem limpo, não há tolerância para aqueles que recorram ao doping.

Numa reunião com o governo do Panamá e com o Comité Olímpico daquele país, Miró reiterou tolerância zero, aos atletas que utilizem substâncias dopantes. Miró acrescentou que "tudo o que é protecção do atleta limpo é essencial para o Comité Olímpico Internacional".

O dirigente espanhol, no cargo desde Março, apontou também para os Jogos Olímpicos Rio2016, garantiu que ”apesar de ter havido problemas em alguns sectores, as coisas estão a tomar o caminho certo, especialmente na segurança”.

No Panamá, Miró destacou ainda a possibilidade do regresso do basebol aos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, afirmou tratar-se de “um grande desporto”. O presidente do Comité Olímpico do Panamá, Camilo Amado, salientou o apoio do Comité Internacional no desenvolvimento de jovens atletas panamenhos, através da atribuição de bolsas de estudo.