Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Comea batalha pelo ttulo nacional

Silva Cacuti - 12 de Novembro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

As equipas do 1º de Agosto e da Académica de Luanda começam amanhã, às 19H30, a disputa pelo poleiro mais alto do Campeonato Nacional sénior masculino de hóquei em patins. A final vai jogar-se no regime de \"play-off\" a melhor de cinco partidas.
Podem não ser necessárias cinco partidas, caso haja uma única vencedora nas primeiras três. Os académicos, detentores do troféu e reforçados com a chegada de Martim Payero, entram para a disputa com favoritismo.
Além da \"mais valia\" que é Payero, Fernando Fallé, timoneiro da equipa do Kikuxi, tem em seu favor o facto de ter tido uma meia-final suave e mais tempo de repouso para projectar a final.
Precisou apenas de duas partidas, (14-3 e 11-1) das três previstas, para afastar a Marinha de Guerra, na meia-final e \"de camarote\" assistiu ao dispêndio físico do militares comandados por Henrique Ribeiro, que precisaram dos três jogos e suaram para chegar à final.
O 1º de Agosto deixou para trás a equipa do Exército, com quem perdeu (5-4) na primeira partida e venceu por 7-2 e 8-4, as duas últimas.
Antes do jogo da final, Marinha de Guerra e Exército disputam a classificativa do terceiro lugar, também em \"play-off\", a melhor de três jogos.
O Petro de Luanda, Estado Maior, Hóquei Clube do Lobito, Juventude de Viana, Instituto Superior Técnico Militar e Hóquei 300 ocuparam os lugares subsequentes da tabela classificativa.