Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Comisso Eleitoral confirma Carlos Mupei

Rosa Napoleo - 02 de Novembro, 2016

O processo eleitoral est marcado para o dia 29 de Novembro

Fotografia: Jos Soares

O presidente da Comissão Eleitoral da Federação Angolana de Taekwondo, Antunes Nunes António, aclarou ontem que os constrangimentos e descontentamentos manifestados pela família da modalidade não afectou o processo em curso.

Questionado pelo Jornal dos Desportos sobre uma matéria que circula nas redes sociais, segundo a qual alguns técnicos se mobilizaram para impugnar a lista de Carlos Mupei, presidente cessante que concorre para a própria sucessão, Antunes Nunes António afirma desconhecer o assunto.

"A Comissão Eleitoral não recebeu nenhum legado, nem foi notificado quanto a qualquer irregularidade da lista de Carlos Mupei. Se existem pessoas que não concordam com a permanência desta lista, devem manifestar-se junto da Comissão Eleitoral e apresentar as provas. Sem isso, o processo eleitoral vai decorrer normalmente", disse.

Antunes Nunes António retorquiu que a insatisfação dos treinadores de taekwondo devia ser dirigida junto à Comissão Eleitoral e não ao Ministério da Juventude e Desportos.

"Se há irregularidades, devem ser apresentadas à Comissão Eleitoral. Se haver provas daquilo que se diz, vamos criar de imediato uma Comissão de Gestão para conduzir os destinos da Federação até as novas eleições", garantiu.Quanto à legalidade da lista A, de Carlos Mupei, o presidente da Comissão Eleitoral atesta que aguarda até ao momento pelos documentos de legitimidade das subscrições.

"Não estamos a facilitar ninguém. A nossa missão é validar ou invalidar em função daquilo que se nos apresentam. O próprio candidato da lista A, que permanece para o pleito, precisa ainda de anexar os documentos das Assembleias de renovação de mandatos das associações que o subscrevem, as actividades realizadas ao longo da época e outros pressupostos. Aguardamos estas provas até perto das eleições no dia 27.

Se não acontecer, o candidato também vai ser impedido de se manter para as eleições", aclarou. O processo eleitoral está marcado para o dia 29 de Novembro.
ROSA NAPOLEÃO