Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Comit Olmpico ausculta federaes

Silva Cacuti - 17 de Janeiro, 2015

Dirigentes do COA e das Federaes projectam preparao para os Jogos Olmpicos do Rio de Janeiro

Fotografia: Joo Gomes

O Comité Olímpico Angolano (COA) reúne-se, na próxima terça-feira, com os secretários-gerais e directores técnicos das distintas Federações nacionais para avaliar o seu  quadro organizativo com vista à fase de apuramento aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

De acordo com  uma nota do COA chegada à nossa redacção, os responsáveis federativos devem estar presentes à reunião, marcada para as 17h00, na sede do COA, munidos de informações sobre as potencialidades de qualificação, custos e bolsas olímpicas de que dispõem.

Conforme  a legislação desportiva em vigor no país, a preparação e qualificação aos Jogos Olímpicos é da responsabilidade do Ministério da Juventude e Desportos, através das Federações nacionais, enquanto ao COA cabe a preparação e participação nos jogos.

O COA  perspectiva a participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, com uma das maiores caravanas olímpicas de sempre, já que há expectativas do país conseguir a qualificação de pelo menos três modalidades colectivas. Angola pode pela primeira vez qualificar as selecções nacionais de basquetebol masculino e feminino e a de andebol feminino, que em Março joga em Luanda o torneio pré-olímpico.

De acordo com Mário Rosa, vice presidente do COA, “a eventualidade de ter uma das maiores delegações de sempre obriga a antecipar os trabalhos em torno da participação angolana no evento”.

“O que queremos neste encontro é fazer um levantamento junto das Federações sobre provas e torneios qualificativos em que as Federações vão estar engajadas, obter dados antropométricos, biométricos, fotográficos dos atletas com potencialidades nas distintas modalidades”, disse. A acção do COA perspectiva também as questões orçamentais para a missão olímpica, uma vez que a reunião vai abordar  custos com a preparação, estágios, bolsas olímpicas e outros.