Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Condio fsica preocupa Filipe Cruz

Silva Cacuti - 09 de Abril, 2016

O tcnico falou sobre o assunto aquando da sua apresentao como substituto do portugus Joo Florncio

Fotografia: Santos Pedro

O seleccionador nacional sénior feminino de andebol, Filipe Cruz, manifestou-se preocupado com a condição física das atletas convocáveis por altura do início dos trabalhos da equipa visando o torneio olímpico do Rio de Janeiro aprazado para 9 a 19 de Agosto. O técnico falou sobre o assunto aquando da sua apresentação como substituto do português João Florêncio.

Segundo Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol, o treinador vai ter seis semanas para preparar a participação angolana nos Jogos Olímpicos,  tempo considerado escasso por alguns especialistas, mas que o seleccionador considerou aceitável para preparar uma equipa que possa dignificar as conquistas do andebol angolano.

Mas Filipe Cruz centrou a sua abordagem na questão relacionada à condição física das atletas.

"Temos um campeonato provincial a decorrer e a maioria das atletas seleccionáveis trabalham comigo, no 1º de Agosto, outras no Petro de Luanda. As atletas não vêm do zero, estão a trabalhar. O importante será manter a condição física, porque técnica e tacticamente já estamos a trabalhar. Elas conhecem-se, já trabalham juntas há muito tempo, o que nos irá preocupar será mesmo a condição física", disse o treinador.

As atletas estão actualmente envolvidas na disputa do campeonato provincial. Até começarem a preparação para os jogos olímpicos, em breve começam a jogar a fase preliminar da taça de Angola cuja final está marcada para 8 de Julho. Na última quinzena de Abril o 1º de Agosto estará engajado na disputa da supertaça africana e taça das taças. De 15 a 30 de Junho disputa-se o campeonato nacional de seniores, em Luanda.

Nos jogos olímpicos passados, Londres 2012, a Selecção Nacional não contou com os préstimos de Isabel Fernandes "Belezura" que se lesionou, pouco antes da partida para o palco da competição.

A selecção nacional quedou-se na 9ª posição do torneio olímpico de Londres 2012.

O treinador mostrou-se confiante numa boa campanha, animado pelos resultados que obteve enquanto seleccionador masculino, equipa com a qual sempre trabalhou com escassez de tempo.

Pedro Godinho não colocou qualquer pressão sobre o seleccionador em termos de resultados a alcançar. Disse apenas que temos equipa para não piorar a classificação anterior.