Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Construo de Estdio alvo de investigao

20 de Agosto, 2015

Ministrio Pblico Federal em Maro de 2014, investiga denncias de corrupo, pagamento de subornos, branqueamento de capitais

Fotografia: AFP

A polícia brasileira informou ontem que está a investigar um caso de corrupção associado à realização das obras no estádio Arena Pernambuco, um dos doze do Mundial2014 de futebol. O estádio foi construído pela construtora Odebrecht, cujo presidente está preso sob suspeita de corrupção em contratos com a Petrobras, investigados pela Operação Lava Jato. Além da sobrefacturação, está a ser investigada uma suspeita de fraude na adjudicação da obra do estádio para a empresa.

A polícia realizou buscas e apreensões em sedes da Odebrecht nos estados de Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, e no Distrito Federal, segundo informou a corporação.  Citada pela imprensa brasileira, a Odebrecht disse ter "convicção da plena regularidade e legalidade do projecto", e informou estar disponível para prestar esclarecimentos e apresentar documentos, considerando "injustificáveis" as medidas adoptadas ontem pela polícia.

A Operação Lava Jato, iniciada pela Polícia Federal brasileira e pelo Ministério Público Federal em Março de 2014, investiga denúncias de corrupção, pagamento de subornos, branqueamento de capitais e fraudes em contratos da petrolífera Petrobras.