Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Copa Lobo supera inscries de atletas

Rosa Napoleo - 15 de Outubro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

Mais de quinhentos atletas da especialidade de jiu-jitsu brasileiro estão inscritos para a  segunda edição da Copa Lobão, agendado para 21 do corrente, no Arena Kilamba, em Luanda. A prova aberta a atletas de todas as academias do país, já conta com representantes das províncias de Malanje, Benguela e Huila. Os demais interessados têm até o dia 19 para entrar na competição.
A organização pretende fazer disputar combates nas categorias infantis (13-15), juvenis (16-17), adultos (18-20) e masters (21-29) anos.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Walter Faustino, campeão mundial em várias ocasiões, disse que a Copa já faz parte do calendário das competições do Grupo Studio 123.
\"Esta é a segunda edição da competição. O objectivo é somar pontos dos atletas nacionais e criar um ranking anual. O atleta, que comandar a lista do ranking, ganha vários benefícios como patrocínios para expandir os seus horizontes\", disse.
O técnico referiu que, nesta edição, a organização aumentou as áreas de lutas, de três para seis, por causa do número elevado de competidores.
\"Pensamos em seis áreas de lutas. A prova só acontece em um dia e não seria possível realizá-la em apenas três espaços. Isso pressupõe também a presença de mais árbitros. Já estamos a ver essa situação\", esclareceu. 
A competição vai dar ainda oportunidade às crianças com necessidades especiais. Os mais novos fazem exibições na abertura do evento.
Recorde-se que o Grupo Studio 123 lançou, recentemente, uma plataforma de gestão de torneio de combates, denominada a Balus. É uma plataforma de gestão de torneios de combate que ajuda a organizar as inscrições, equipas, assim como os próprios atletas. A plataforma serve também como uma base de dados do jiu-jitsu   com informação de todos os atletas de todas as academias do país.
Numa primeira fase, vai ser exclusiva ao jiu-jitsu. O plano é expandir para outras modalidades de combate. A plataforma é responsável por cadastrar todos os atletas, agrupá-los por categoria (faixa, idade, género e peso) e registar o histórico de competições dos atletas.
O novo projecto angolano de jiu-jitsu brasileiro tem o apoio de alguns patrocinadores oficiais como a Zap, 7Mobile, Águas Cuima, Asperbras, Casa dos Animais, Okoku e Ciry Design.