Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Correco das tcnicas domina os treinos

Rosa Napoleo - 18 de Fevereiro, 2015

No Mundial de Paris, faltou a experincia e os atletas foram eliminados nos primeiros combates.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Aprimoramento das técnicas de ataque e de defesa dominam a segunda etapa das sessões de treino da pré-selecção nacional de juniores de ju jitsu, que vai representar o país no Campeonato Mundial de Atenas, a decorrer de 13 a 15 de Março. Os trabalhos, que envolvem também combates preliminares, decorrem no dojo da Federação Angolana, localizado na Cidadela Desportiva.

O conjunto é composto por treze atletas. Daniel António (+90 kg), atleta do Dragão Força; Domingos João (-78kg), do Tigre do Palanca. Msimba Ngombo e Nzuzi Ngombo (ambos do San Fonte), Alexandre Ndongala e Elias Pedro (ambos do Casam do Palanca) integram a categoria de -43kg.
O grupo orientado pelo técnico Mfumu Lukoki já apresenta evolução nos níveis competitivos desde o início dos trabalhos de preparação.

“As coisas estão a caminhar da melhor maneira possível. A modalidade já atingiu um nível elevado e podemos contar com uma participação razoável", disse. Mfumu Lukoki manifestou tristeza por não poder contar com todo o grupo de trabalho no campeonato mundial. As condições financeiras da Federação só permite as presenças de poucos atletas na competição de Atenas.

"Infelizmente, não reunimos as condições para levar todo o grupo, mas vamos torcer para que levemos o maior número possível de atletas”, prometeu. Mfumu Lokiki está preocupado com a burocracia na autorização do Ministério da Juventude e Desportos, quando falta pouco mais de um mês para o início da competição mundial. O seleccionador "implora a Deus" para que até à próxima semana tenham em posse o documento que autorize a viagem para não atrapalhar as contas da comissão técnica da Federação.

“Esperamos que tenhamos a resposta atempadamente, porque consideramos esta prova como uma das mais importantes da época e não queremos falhar", disse. O ju jitsu angolano vai também marcar presença no primeiro campeonato mundial de seniores, em Novembro, no continente africano. A Tunísia foi eleita para acolher o evento.

A época desportiva de 2014 foi coroada de êxito na competição africana. Daniel António e Fiston Baptista arrecadaram quatro medalhas, sendo duas de ouro e igual número de bronze. No Mundial de Paris, faltou a experiência e os atletas foram eliminados nos primeiros combates.
ROSA NAPOLEÃO