Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Corredores angolanos ausentes do "africano"

29 de Novembro, 2013

Benfica declinou o convite da FA CI face aos compromissos da nova época desportiva

Fotografia: Jornal dos Desportos

Angola é a principal ausente no Nono Campeonato Africano de Ciclismo de Estrada que decorre de 29 de Novembro a 5 de Dezembro, na cidade egípcia de Sharm al-Seik. A falta de financiamento para suportar as despesas da Selecção Nacional está na base do afastamento.

A alternativa da Federação Angolana de Ciclismo-FACI era um misto nacional, a expensas dos clubes, formado pelos melhores ciclistas da actualidade capaz de corporizar uma representação nacional condigna. Os ciclistas do Benfica de Luanda e da Escola David Ricardo estão no defeso com vista aos compromissos que se avizinham, a que se juntam problemas financeiros, tendo por isso recusado o convite.

Com a ausência no Egipto, Angola completa uma década longe das estradas africanas. Para a história fica a participação nos famosos “Tours” dos Camarões, Gabão, Burquina Faso e nos Campeonatos Mundiais do Grupo B. A última participação de Angola, no Mundial B, ocorreu em 2007 na África do Sul.

Uma fonte da FACI disse ao Jornal dos Desportos que a federação, para cumprir com o programa mínimo de actividades para a próxima época, precisa de um orçamento superior a 7,5 milhões de kwanzas, valor que recebe do Orçamento Geral do Estado. Mais de metade do valor atribuído é gasto na realização do campeonato nacional de ciclismo de estrada e o restante para as despesas administrativas e provas de pequeno porte.

VICE-PRESIDENTE
VAI SER COMISSÁRIO

A representatividade de Angola no Nono Campeonato Africano de Ciclismo de Estrada de Sharm-al Sheik vai estar resumida à presença do vice-presidente para a Cooperação e Marketing da FACI, João Francisco, nomeado pela terceira vez comissário da prova.

João Francisco já foi juiz de prova em 2011, nos Jogos Pan-africanos de Maputo e no Campeonato Africano de 2012, em Ougadougou, capital do Burquina Faso.

O secretário-geral da FACI, Alex Futi, desempenhou as mesmas funções este ano, na Quarta Volta ao Cacau, em São Tomé e Príncipe, onde Angola arrebatou pela quarta vez consecutiva todos os troféus mais importantes da competição.