Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Corrida de So Silvestre tem novos prmios

Silova Cacuti - 02 de Dezembro, 2015

Os atletas vo passar pelas avenidas Amlcar Cabral, Revoluo de Outubro, Ho-Chi Min, Alameda Manuel Van -Dnem, Ruas da Misso

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Federação Angolana de Atletismo (FAA) anuncia amanhã o pacote completo de prémios, para a 60ª edição da corrida de Fim de Ano, a São Silvestre, que sai à rua a 31 de Dezembro, em Luanda. O anúncio vai ser feito durante uma conferência de imprensa, agendada para as 10h00 na sede daquele organismo, que é responsável pela realização da corrida.

Conforme apuramos, vão ser anunciados prémios concebidos por várias empresas, como a DSTV, Net One e a NCR, de entre outras. As outras empresas aparecem a patrocinar pela primeira vez, enquanto a NCR já ofereceu prémios na edição de 2014. Na altura, a empresa ofereceu em prémios cerca de 2,5 milhões de Kwanzas.

À luz da parceria, a NCR forneceu à Federação cinco computadores "desktop" e igual número de "tablets". Também instalou uma estrutura de internet e de impressão na sala de imprensa da corrida. Aos melhores angolanos na prova, a empresa premiou com computadores portáteis,  tabletes Prestigio e com GPS Tom Tom, ao primeiro, segundo e terceiro classificados. A Federação tinha montado pontos de inscrição nas lojas da NCR.

Aquando da apresentação da corrida, em Agosto, a Federação deu a conhecer a redução do orçamento da prova para menos de 50 por cento do valor disponibilizado em edições anteriores. Por isso, o prémio para o vencedor baixou também  de 15 mil dólares para cerca de 7,5 mil dólares. A antiga fundista Ana Isabel foi escolhida para ser a madrinha da corrida.

O queniano Stephen Kibet venceu a 59ª edição da São Silvestre, uma prova de 10 Km, com o tempo de 28min34s. Em feminino, Josephine Chepkoech, também do Quénia, venceu com 32min19s.
   
VISTORIA AO PERCURSO
Equipas técnicas da Federação Angolana de Atletismo, do Governo Provincial de Luanda e da Polícia Nacional, efectuam hoje a primeira vistoria ao percurso da 60ª corrida São Silvestre de Luanda. O objectivo é avaliar o actual estado  da área a percorrer para aquilatar as intervenções que ainda  podem ser reabilitadas, segundo uma fonte da Federação.

"A cidade de Luanda recebeu um novo tapete asfáltico, em quase toda a zona coberta pelo percurso da prova. Por isso, pensamos que diferentemente de outras edições, não vamos ter muitas situações", revelou a nossa fonte. A vistoria acontece por voltas das 21h00. A São Silvestre tem a habitual partida no Largo da Mutamba e meta no Estádio dos Coqueiros, num percurso fixado em 10 quilómetros.

Os atletas vão passar pelas avenidas Amílcar Cabral, Revolução de Outubro, Ho-Chi Min, Alameda Manuel Van -Dúnem, Ruas da Missão e 4 de Fevereiro, assim como os Largos do Kinaxixe e do Baleizão.
SILVA CACUTI

ASSOCIATIVISMO
Emirates visita
a sede do ASA

Uma delegação da Emirates, a principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, visitou na segunda-feira a sede do Atlético Sport Aviação (ASA) com o propósito de diagnosticar as condições de funcionamento do clube aviador, subsidiado pela similar angolana TAAG. A visita enquadra-se no âmbito de acordos de gestão do património pertencente à companhia de bandeira nacional TAAG, conforme a explanação feita ao Jornal dos Desportos pelo presidente de direcção do ASA, Elias José.

"Recebemos uma delegação da Emirates, que efectuou uma visita de constatação à sede do nosso clube. A mesma permitiu à delegação avaliar a dimensão do clube, assim como as dificuldades que enfrentamos", disse. Para Elias José, "nada foi adiantado em relação ao clube", mas está crente que os gestores "avaliaram a grandeza do clube". A delegação da Emirates prometeu fazer outra visita ao clube aeroportuário nos próximos dias, segundo Elias José.
AUGUSTO PANZO