Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Corta-mato corre lesionado na Hula

GAUDNCIO HAMELAY | NO LUBANGO - 25 de Outubro, 2018

Os atletas de diferentes clubes enfrentam dificuldades para se deslocar ao local de provas.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A insuficiência de espaços com condições adequadas para acolher as provas de atletismo preocupa o coordenador da Comissão Técnica da Associação Provincial da Huila, Augusto Diogo \"Seco\". Neste sábado é disputado a segunda jornada do campeonato provincial de corta-mato e não há espaços na cidade de Lubango.
O único recinto existente e com condições para acolher as provas nacionais e internacionais está localizado a 22 quilómetros do centro da capital huilana, nos arredores da Casa da Juventude, na comuna da Palanca, município da Humpata, segundo Augusto Diogo \"Seco\".
A distância que separa as localidades de Humpata e de Lubango cria constrangimentos à Associação Provincial de Atletismo da Huila por falta de transporte. Os atletas de diferentes clubes enfrentam dificuldades para se deslocar ao local de provas.
Para contornar a situação, os locais mais próximos de Lubango são os espaços adjacentes ao Centro Médico Evangélico de Lubango, também conhecido por Clínica Doutor Estêvão, ou o polígono florestal da Humpata. Os dois recintos não reúnem condições exigidas pela Federação Angolana de Atletismo, segundo Augusto Diogo.
Seco sustentou que o atletismo enfrenta hoje constrangimentos resultante de construções de infra-estruturas.
\"Nos anos anteriores, as provas de corta-mato eram realizadas junto ao Colégio 27 de Março,  no bairro da Lage, ou no Complexo Escolar 14 de Abril. Infelizmente, foram erguidos residências e supermercados nesses locais. Por esse motivo, estamos sem espaços para promover a prática de corta-mato\", lamentou o treinador.
Sem \"remédio\" para a \"ferida\", a Associação faz disputar as provas com todo o risco de saúde para os atletas dos escalões infantis, iniciados, juvenis, juniores e seniores. Estão inscritos os clubes Desportivo da Saúde, Clube Ferroviário da Huíla, Benfica Petróleos do Lubango, Interclube da Huíla, Assessoria Manuel Jamba Sport, o Clube Desportivo da Huíla (CDH), Interclube, 1º de Agosto e Petro de Luanda. O certame comporta cinco jornadas, todos os finais de semana.