Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Criao do Clube Recreativo revitaliza actividade desportiva

Gaud?ncio Hamelay | Lubango - 19 de Maio, 2017

Associao Provincial de Futebol da Hula

Fotografia: Jornal dos Desportos! Edies Novembro

Para o efeito, a criação daquele Clube Recreativo, vai permitir revitalizar o desenvolvimento da prática desportiva no seio dos jovens do município de Quilenguês. 

 Armando Vieira administrador municipal de Quilenguês, sustentou que o clube recém-criado vai se reger nas leis desportivas vigentes em Angola e ser inscrito na direcção provincial da Juventude e Desportos da Huíla, bem como nas associações correspondentes as quatro modalidades que a agremiação movimenta.

 “Vamos estar inscritos na Associação Provincial de Futebol da Huíla e noutras de atletismo, basquetebol e karaté. Já estamos inscritos na direcção provincial da Juventude e Desportos. A nossa ideia numa primeira fase, é movimentar 4 modalidades. A primeira modalidade como sabem é o futebol por ser o desporto-rei, karaté, basquetebol e o atletismo. E daí, queremos chutar a bola para frente para ocupar os tempos livres dos jovens”, garantiu.

O administrador municipal de Quilenguês, prometeu arranjar uma direcção que vai rentabilizar as infra-estruturas adjudicadas para o funcionamento da sede do Clube Recreativo de Quilenguês.

 Indicou que numa primeira fase a estrutura onde decorreu a cerimónia de apresentação dos novos corpos sociais de direcção vai ficar sob responsabilidade do Clube Recreativo de Quilenguês.

  “Vamos arranjar uma direcção que vai rentabilizar essa infra-estrutura. Numa primeira fase a ideia é nós sobrevivermos das quotas dos associados.
Por isso, vamos ter sócios que mensalmente terão que passar a pagar as suas quotas. E vamos arrancar assim. Também vamos bater portas de pessoas amigas de Quilenguês que conhecemos algures pelo país. É com essas pessoas que estamos a contar sempre porque sonhar não é proibido”, anunciou.

 Armando Vieira reconheceu ser de facto um grande trabalho que os membros de direcção do Clube Recreativo de Quilenguês e não só, têm pela frente.

  “Mas para vincarmos e ter sucesso, temos que contar com o apoio de todos os presentes e amigos do município”, ressaltou o governante.

 Contudo, o sentimento de manifesto é de alegria no seio de alguns munícipes em ver a breve trecho o Quilenguês representado em altas competições nas modalidades de basquetebol, atletismo, karaté e futebol.

 A munícipe Rodeth Kambuinda, afirmou que o desporto quase está a morrer em Quilenguês e com a criação do clube tem a certeza que a pratica desportiva vai ressurgir naquela região.

  “O sentimento de manifesto é de alegria visto que de um tempo para cá, o desporto quase está a morrer em Quilenguês. Então, com a criação deste clube, de certeza que vai ressuscitar o desporto no nosso município. O clube que trabalhe conforme as outras agremiações e que não parem e levem o desporto em diante”, destacou.

O município de Quilenguês situado a 145 quilómetros a norte da província da Huíla, tem acolhido campeonatos nacionais de motocross, rally, provas provinciais de atletismo, torneios de basquetebol, karaté shotokan e Taekwon-dó, em ambos os sexos.