Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dani Pedrosa celebra ausência de asas

14 de Abril, 2016

. Estou feliz por ele estar OK e pela minha moto não lhe ter provocado nenhuma lesão ” seguiu.

Fotografia: AFP

Após um acidente com Andrea Dovizioso em Austin, Dani Pedrosa celebrou a ausência de asas na RC213V da Honda, já que acredita que o recurso podia ter magoado o italiano. O número 26 pediu o fim das asas na MotoGP.

Dani Pedrosa  insurgiu-se contra a crescente tendência de asas na MotoGP. Após derrubar Andrea Dovizioso na abertura da sétima volta do GP das Américas, o espanhol avaliou que o piloto da Ducati podia ter-se aleijado consideravelmente se a RC213V também estivesse equipada com os recursos aerodinâmicos.

 A Ducati foi pioneira no uso de asas e a GP16 traz dois pares de recurso, de um tamanho avantajado. Do lado da Yamaha, as asas são menores e não são utilizadas com frequência. Antes de criticar as asas, Dani explicou a queda de levou Dovizioso no chão ainda no início da prova de domingo.

"A frente bloqueou e eu voei. Eu pude sentir, evitar, mas na vez seguinte foi pior e aí eu simplesmente perdi a moto”, explicou Dani. “Talvez eu estivesse um pouco mais inclinado, mas é assim, com esses pneus. Eles são muito sensíveis ao que você faz na moto... Eu lamento por Dovi, porque é uma chatice quando alguém te derruba e o impacto foi bem forte”, lamentou.

Pedrosa avaliou que Andrea podia se ter magoado muito mais se a RC213V tivesse equipada com as asas. O espanhol também lembrou um lance do GP da Argentina, quando as asas da moto de Andrea Iannone arrancaram a câmera on-bord de Marc Márquez e ainda atingiram as costas do número 93.
"É uma sorte que eu não tenha grandes asas, porque elas podem aleijar o piloto e eu estou a trabalhar para acabar logo com isso”, contou. “Nós vimos agora na Argentina o que aconteceu com a asa de Andrea, contando a câmera on-board de Marc”, recordou.

 "Aquilo é muito forte, então  pode-se cortar aquilo, pode cortar outra coisa. E, como eu disse, hoje o impacto foi muito forte no Dovi. Estou feliz por ele estar OK e pela minha moto não lhe  ter provocado nenhuma lesão ” seguiu.