Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Daniel prepara mundial de Budapeste

Rosa Panzo - 12 de Julho, 2017

Daniel Francisco treina 'sozinho' na piscina do Alvalade

Fotografia: Domingos Cadência|Edições Novembro

Exercícios de recuperação, alongamento e flexibilidade atarefam a última semana de treinos de Daniel Francisco, o único integrante da Selecção Nacional absoluta de natação, residente em Luanda, que cumpre um intenso programa preparatório na piscina do Alvalade, com vista a participação no Campeonato Mundial a realizar-se em Budapeste, Hungria, de 23 a 30 do corrente. Os restantes seleccionados estão em preparação na África do Sul e em Portugal.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Ricardo Aguiar, treinador principal do 1º de Agosto, que acompanha o nadador, confirmou que o programa preparatório do atleta decorre sem sobressaltos nesta recta final.

\"Nesta fase, estamos a fazer trabalhos específicos na base de redução do volume de treinos e aumento da intensidade. Na verdade, está em bom pico de forma desportiva. Necessitamos apenas de manter o ritmo competitivo até a realização das provas\", disse.

Daniel Francisco, nadador do 1º de Agosto, estabeleceu os mínimos \"B\" de acesso ao Mundial de Budapeste com a marca de 25s89 na prova de 50 metros mariposa, disputada em Maio na piscina do Complexo do Alvalade, válido para o campeonato por categorias. Além de Daniel Francisco, completam a lista Mário Everdosa, que milita na África do Sul, Catarina Sousa e Pedro Pinotes, residentes em Portugal. A primeira é atleta do Centro de Alto Rendimento do Rio Maior e o segundo é do Sporting.

Pedro Pinotes conquistou os mínimos \"A\" com a marca de 2min03s40 nos 200 metros mariposa, obtida no campeonato português ao serviço do Sporting local. Em Budapeste, Pinotes vai nadar na meia maratona de cinco quilómetros e na maratona aquática de 10 quilómetros.

Mário Fernandes
participa do Congresso

O presidente de direcção da Federação Angolana de Natação, Mário Fernandes, viajou ontem para Budapeste, Hungria, a fim de participar do Congresso (geral e técnicos) da Federação Internacional da Natação (FINA) que arranca hoje.

Até o dia 20 do corrente, Mário Fernandes vai participar das discussões nos Congressos Técnicos que vão abordar aspectos sobre as competições em água aberta, piscina e natação sincronizada.

No dia 22, o dirigente angolano vai participar do Congresso Geral, onde vão ser tratados assuntos sobre a organização de eventos e a nomeação de alguns membros federativos para o Comité Executivo da FINA.

Mário Fernandes está em Budapeste acompanhado por Joaquim Pestana, membro do Comité Executivo da FINA para Água aberta. Pestana, a par de Osvaldo Morais, integra também o restrito grupo de juízes oficiais (swimming officials) para o ciclo olímpico 2017-2020.

No Comité de Masters da Confederação Africana de Natação (CANA), Joaquim Pestana assume as funções de vice-presidente. Osvaldo Morais é membro do Comité Técnico de Natação da CANA e Severino Pereira integra o Comité Médico da CANA.