Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Daniil Kvyat reclama critrios de punio

04 de Novembro, 2016

Kvyat acabou por receber uma punio de cinco segundos pela FIA

Fotografia: AFP

O Grande Prémio do México no último final de semana movimentou a Fórmula 1 com as suas polémicas, geradas em torno de punições que atingiram o alemão Sebastian Vettel e o holandês Max Verstappen, alterando a configuração do pódio. No entanto, estas não foram as únicas sanções aplicadas na prova, e o ocorrido com o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, acabou por passar despercebido.

Kvyat acabou por receber uma punição de cinco segundos pela FIA após tentar uma manobra arriscada para cima de Romain Grosjean, da Haas, já na parte final da prova. A sanção, no entanto, não agradou em nada o piloto, que criticou a maneira com que o órgão que rege a Fórmula 1 lida com diferentes pilotos na hora de aplicar medidas disciplinares por infrações cometidas nas pistas.

“Eles são muito inconsistentes. Estou muito infeliz sobre como eles tomam as suas decisões, não há nenhuma consistência. E só olhar incidente de Massa e Alonso em Austin e depois para o de Grosjean e o meu aqui. São reações completamente diferentes”, queixou-se o piloto.

O incidente ao qual Kvyat se refere aconteceu no GP dos Estados Unidos, em Austin, prova anterior a do México, e na ocasião, o brasileiro Felipe Massa foi ultrapassado já nas voltas finais por Fernando Alonso e teve o seu carro tocado pelo espanhol, o que causou um furo no seu pneu. Massa precisou ir às boxes para o reparo e se viu prejudicado pela ação do concorrente, no entanto, a FIA qualificou o ocorrido como normal e não realizou nenhuma punição.