Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

David estreia o Africano com derrota

?lvaro Alexandre - 04 de Julho, 2017

Internacional angolano encontrou dificuldades contra Ahmed Adly no duelo de mestres

Fotografia: Edições Novembro

O Mestre Internacional (MI) David Silva, bicampeão africano de juniores, começou com derrota o Campeonato Africano Individual de Xadrez que decorre desde ontem, no Hotel Assala, na cidade argelina de Oran. O angolano perdeu para o Grande Mestre (GM) egípcio Ahmed Adly, campeão mundial de juniores de 2007. A derrota era esperada. O MI David Silva defrontou o segundo Elo mais forte do continente.

Além do GM Ahmed Adly, outros dois potenciais candidatos ao troféu também venceram as suas partidas. O Candidato a Mestre (CM) Ahmed Bouzidi ganhou ao GM Mohamed Haddouche e o  MI Adlane Arab derrotou o MF Simplice Armel Degondo.

Noutras partidas, Nour -Eddine Ghabache perdeu para o GM Essam  El Gindy e MF Khalil Bengherabi empatou com o GM Bassem Amin.

O Africano masculino conta com 28 xadrezistas. À entrada da segunda jornada, 13 atletas assumem a liderança com um ponto. Trata-se de GM Essam El Gindy (Egipto), GM Abdelrahman Hesham  (Egipto), MI  Med Ali Boudriga (Tunísia), MI  Richmond Phiri (Zâmbia), GM Ahmed Adly (Egipto), MI Adlane Arab (Argélia), MI Daniel Cawdery (África do Sul), MI Saad Belouadah (Argélia), MI Chitumbo Mwali (Zâmbia), Oussama Douissa (Tunísia), MF Chafik Talbi (Argélia),  CM Ahmed Bouzidi (Tunisia) e MF Jack Van Zyl-Rudd (África do Sul).

Com a derrota na ronda inaugural, o MI angolano David Silva ocupa a 16ª posição sem ponto.

Hoje, para a segunda jornada, os estímulos são mais ousados. O MI David Silva mede forças com um adversário acessível. O inquilino do atleta do Progresso Sambizanga é o Mehdi Moulay.

MI Chitumbo Mwali enfrenta o GM Ahmed Adly, MI Med Ali Boudriga defronta MI Adlane Arab, GM Essam El Gindy enfrenta Oussama Douissa, MI Richmond Phiri joga com MI Daniel Cawdery e MF Chafik Talbi enfrenta MI Saad Belouadah.