Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

David Silva baixa no ranking da FIDE

?lvaro Alexandre - 18 de Março, 2017

MI David Silva é prejudicado pela participação nas competições de baixo nível competitivo

Fotografia: Ndombele Bernardo

O Mestre Internacional (MI) David Silva, do Progresso Sambizanga, baixou dois lugares no raking nacional da Federação Internacional de Xadrez, na segunda actualização de 2017, feita a 28 de Fevereiro em Atenas. O bicampeão africano juniores obteve um saldo negativo no mês transacto ao perder nove pontos. Agora, ocupa a sexta posição com 2201 pontos.

O desempenho negativo do MI David Silva permitiu a ascensão do Mestre Fide (MF) Cristiano Aguiar, também do Progresso Sambizanga, ao quarto lugar com 2222 pontos.

O MI Adérito Pedro continua bafejado pela sorte, mesmo sem competir. Desde Janeiro, o atleta do 1º de Agosto conserva a liderança do rating nacional, agora, com 2310 pontos.

O MI Erickson Soares continua enraizado na segunda posição com os mesmos 2271 pontos. O atleta do Progresso Sambizanga conserva o posto desde Dezembro do ano passado.

Mais abaixo da tabela, o MF Catarino Domingos está na terceira posição com 2222 pontos. O atleta do Desportivo da EPAL é seguido pelo MF Cristiano Aguiar e o Candidato a Mestre (CM) João Simões, da EPAL, com 2204 pontos.

Domingos Paulino, da Escola de Xadrez de Viana, ocupa a sétima posição com 2199 pontos, seguido pelo CM Sérgio Miguel, do Progresso Sambizanga, com 2190; CM Cambando José, Progresso Sambizanga, com 2186; MI Amorim Agnelo, 1º de Agosto, 2173; MI Luciano Oliveira, EPAL, 2162, MF Manuel Alberto, Escola de Xadrez de Viana, 2157, e João Júlio, Escola de Xadrez de Viana, 2157.

FEMININO
A MI Esperança Caxita, atleta do Progresso Sambizanga, lidera o grupo com 1817 pontos, seguido da colega de equipa, a MI Maria Domingos com 1711 pontos; Valquíria Rocha, do 1º de Agosto (1690); Margarida Sussu, do 1º de Agosto (1626); CM Delfina João, Progresso Sambizanga (1617); Irineia Gabriel, 1º de Agosto (1615) e MF Luzia Pires, do Polivalentes Aldanuel do Palanca (1614).

NO MUNDO
O Grande Mestre (MG) Magnus Carlsen, do Noruega, é o primeiro classificado do raking mundial com 2838 pontos. Nas posições imediatas estão o GM Wesley Assim, dos EUA (2822); GM  Fabiano Caruana, dos EUA (2817); GM Vladimir Kramnik, da Rússia (2811); GM  Maxime Vachier-Lagrave, da França (2803); Hikaru Nakamura, dos EUA (2793); Viswanathan Anand, da Índia (2786); GM Sergey Karjakin, da Rússia (2783); GM Levon Aronian, da Arménia (2774) e GM Shakhriyar Mamedyarov, Azerbaijão (2772).
O top 5 feminino mundial é composto pela GM Yifan Hou, da China, com 2649 pontos; GM Wenjun Ju, da China (2604); GM Anna Muzychuk, da Ucrânia (2569); GM Humpy Koneru, da Índia (2557) e GM Alexandra Kosteniuk, da Rússia (2555).

ANGOLA ASCENDE
À 96ª POSIÇÃO

Angola ascendeu a um lugar no rating mundial. O país saiu da 97ª para  96ª posição com 2222 pontos e comporta nove Mestres Internacionais. O Egipto é o pais mais destacado de África e mantém-se na 50ª posição com 2470 pontos, com cinco Grandes Mestres e 30 Mestres Internacionais.
A Rússia está firme na liderança dos países com 2745 pontos, 237 GM e 527 MI. A confederação é perseguida pelos EUA com 2706 pontos, 91 GM e 143 MI.

Mais abaixo estão a China com 2701 pontos, 39 GM e 31 MI; Ucrânia, com 2688 pontos, 87 GM e 200 MI; Índia, com 2674 pontos, 44 GM e 91 MI; Azerbaijão, com 2657 pontos, 24 GM e 25 MI; França, com 2650 pontos, 48 GM e 105 MI; Polónia, com 2644 pontos, 41 GM e 107 MI; Arménia, com 2643 pontos, 37 GM e 29 MI e Inglaterra, com 2639 pontos, 35 GM e 60 MI.