Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

David vence Dia da Paz

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 05 de Abril, 2014

David Elias, do Interclube, sagrou-se ontem, no Lubango, vencedor da corrida pedestre em saudação ao Dia da Paz em Angola

Fotografia: Jornal dos Desportos

Avelino Chumbo, com o tempo de  14min59s05, ocupou a segunda posição e Joaquim Chamane, o terceiro lugar com 14min34s48.

Na classe popular, José Chipa conquistou o troféu com 15min58s42, seguido de Domingos Miúdo, com 16min02s37, e Pensador Mangumbala, com 16min26s65.

Na categoria de veteranos, Marcelino Massualali levou o prémio ao cortar a meta com o registo de 16min06s65, seguido de Adriano Phopa, com 20min10s92.

Na classe paralímpica, Pedro Samuel venceu com 15min16s01, seguido de Silvestre Tchissingui, com
15min30s70 e Acácio Nelson, com 16min00s28

EM FEMININO
Teresa Tchicolile, do 1º de Agosto, venceu a prova de atletas federadas com 17min06s38, seguido de Domingas Chiaca, do Benfica do Lubango, com 17min37s83 e de Arminda Kapoco, do Benfica do Lubango, com 22min22s46.

Na classe popular, Sónia Capoco fixou o tempo em 18min07s53 e levou o troféu.

Maria Candela foi a segunda com 18min44s90.Na classe dos paralímpicos, Dofilia Leonardo chamou a primazia com 19min07s73.
 
REACÇÃO
O director da Juventude e Desportos da Huíla, Joaquim Barbante Tyova, enalteceu a organização e os atletas participantes.

 O dirigente disse que os actores corresponderam às expectativas e a cada dia é notável a melhoria em diversas modalidades desportivas, com o apoio do governo local.“Vamos continuar a promover o atletismo e outras modalidades através da interacção com diversos sectores”, disse.


Breve

Adilson Spencer prepara ultra-maratona
O fundista cabo-verdiano Adilson Spencer lidera uma equipa de cinco atletas do seu país que no último sábado de Maio vão representar Cabo Verde na 42ª edição da prova dos 100 Km  Del Passatore  na  Itália, soube a “Inforpress”.  Adilson Spencer, em 2012 classificou-se na quinta posição, logo na sua primeira aparição nesta prova internacional, adiantou à” Inforpress” que “está a treinar no duro”, com a alegação de que vai para Itália com “objectivos claros e bem delineados para subir ao pódio”.