Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Delegao da Federao Equestre Internacional aguarda em Julho

Paulo Caculo - 16 de Junho, 2014

Federao prev entrar na roda internacional do desporto hpico

Fotografia: Nuno Flash

A direco da Fequangola realiza no final do corrente ms uma conferncia de imprensa, com objectivo de dar a conhecer a preparao das condies da visita da equipa de inspeco da Federao Equestre Internacional (FEI) agendada para os dias 2 e 9 de Julho prximo.

Durante o encontro com a comunicao social, o rgo responsvel pela gesto do desporto hpico no pas aproveita para esclarecer os objectivos da recepo da delegao da FEI em Angola, bem como anunciar os projectos que a Federao tem em carteira, no quadro dos desafios assumidos pelo elenco de Jos Alfredo "Ekuikui", em internacionalizar a modalidade. "Temos objectivos a cumprir e estamos todos muito focados nesta fase importante que o desporto hpico no pas atravessa.

A nossa ambio, fundamentalmente colocar a modalidade ao nvel do que praticado nos demais pases", assegurou Paulo Alexandre, para em seguida acrescentar que outro dos grandes desafios da Fequangola prende-se em aumentar o nmero de praticantes em todo o pas. "Vamos desenvolver projectos de massificao no pas e estamos a incentivar todos os angolanos que gostem de cavalos a inscreverem-se no Centro Hpico da Funda, onde temos treinadores capacitados para ajudar a formar atletas", garantiu o secretrio-geral da federao.
PC

CONFIANA
Secretrio espelha
enorme confiana


O secretrio-geral da Federao Equestre est muito confiante num desfecho favorvel. Paulo Alexandre considera a acreditaao da Fequangola como membro da FEI, de imprescindvel nos desafios de consolidao do propsito de internacionalizao. O principal executivo do rgo reitor do desporto hpico angolano acredita que em Julho tudo vai ser diferente em relao aos projectos levados a cabo pelo elenco Federativo s "ordens" do General Ekuikui.

O responsvel justifica a sua crena no facto de haver interesse da Federao Internacional em ter Angola no grupo de membros efectivos. "Estamos confiantes, mas sabemos que temos de antes justificar que temos condies no nosso pas para desenvolver a modalidade. Por isso, contamos com o apoio de todas as estruturas desportivas no pas, porque precisamos muito de sermos aceites pela FEI", disse.
PC