Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Denis Menchov deixa os pedais

22 de Maio, 2013

O russo Denis Menchov, vencedor de duas voltas a Espanha e uma volta a Itália, revelou, na segunda-feira, que abandona o ciclismo com efeito imediato.

Numa entrevista ao jornal russo “R-Sport”, o corredor da Katusha indicou que a lesão no joelho, que o afastou desta edição da Volta a Itália, e a consequente frustração que sentiu são as causas do abandono.

“Ganhar o Giro foi o ponto alto da minha carreira. Este ano não pude participar devido à lesão. O Giro era o meu objectivo para esta temporada e percebi que estava na altura de por um ponto final no meu percurso”, explicou.

Além das duas vitórias na Vuelta (2005 e 2007) e no Giro (2009), Menchov foi vice-campeão do Tour 2010 e terceiro classificado da edição de 2008.

Em 2003, o russo, residente em Espanha há vários anos, venceu a camisola da juventude da principal prova do calendário internacional.

Nas últimas duas temporadas, os seus resultados têm sido mais modestos, com o sétimo posto no Giro 2011 e o quinto na Vuelta do mesmo ano a figurarem como os melhores registos.

Este ano, o ciclista, conhecido no pelotão como “O Papa” ou “Assassino Silencioso”, foi quarto classificado na Volta ao Algarve.

Durante o percurso como profissional, que teve início em 1999, Menchov correu na espanhola Banesto, na holandesa Rabobank, na espanhola Geox e na russa Katusha.