Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Desempenho satisfaz Carlos Rosa

Hélder Jeremias - 03 de Janeiro, 2014

O presidente da Federação Angolana de Atletismo considerou satisfatório o resultado da 58.ª edição da tradicional corrida anual São Silvestre

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Federação Angolana de atletismo, Carlos Rosa, considerou satisfatório o resultado da 58.ª edição da tradicional corrida anual São Silvestre, que percorreu no final da tarde do dia 31 as principais artérias da cidade de Luanda, e em que o vencedor da classe masculina foi o queniano Stanley Biwott, enquanto a sua compatriota Priscah Jeptoo arrebatou o troféu em femininos.

Em declarações ao Jornal dos Desportos no final da prova, Carlos Rosa sublinhou a melhoria da prestação dos atletas nacionais como um dos indicadores do êxito alcançado em relação às edições anteriores, sem deixar de reconhecer que "ainda existe muito trabalho a fazer para se chegar à perfeição”.

Apesar de na altura ainda serem desconhecidos os tempos dos atletas nacionais, Carlos Rosa ficou com a ideia de que os três primeiros estiveram muito próximos do que foi estabelecido como meta e por isso exteriorizou a sua satisfação ao dizer que "o balanço já pode ser considerado positivo uma vez que a boa prestação dos corredores angolanos se enquadra nos limites mínimos preconizados".

A mesma opinião foi partilhada pelo director nacional dos Desportos, António Gomes "Tony Estraga", que elogiou "o bom nível técnico pautado pelos atletas angolanos”, tendo frisado ser visível a melhoria dos tempos, assim como a boa forma física, pelo que "com mais trabalho as coisas tendem a melhorar".


Nos coqueiros
Meeting consagra outras estrelas


Os vencedores da tradicional corrida de fim de ano, São Silvestre, Prischa Jeptoo, na classe feminina e Stanley Biwott, na prova masculina, falharam ontem o objectivo de fazer a "dobradinha" no meeting Internacional Demósthenes de Almeida, disputado no Estádio dos Coqueiros, com provas de 1.500, 3.000 e 5.000 metros.

A queniana Priscah inscreveu-se na prova dos 1.500 metros e ficou em quarto lugar, numa prova em que a sua compatriota Janeth Kisa foi a vencedora com o tempo de 4min.17seg e 65dec. Nesta prova, Felismina Cavela foi a melhor angolana, na oitava posição.

O maratonista Stanley Biwott também se inscreveu na prova dos 1.500 metros e ficou longe dos lugares do pódio. Birhanu Legene, do Quénia, sagrou-se vencedor, enquanto Lourenço António foi o melhor angolano.

Noutras provas, Sofia Abebe da Etiópia triunfou nos 3.000 metros femininos, enquanto Ernestina Paulin, melhor angolana, ficou em nono lugar. O também etíope Kinde Atanew sagrou-se vencedor na classe masculina.

Nos 5.000 metros, prova que apenas se disputou na classe masculina, o etíope Yenew Getahum foi o grande vencedor. Nas provas com participação exclusiva de atletas angolanos, o realce vai para a representação do Bié que venceu a prova de estafeta sueca. Janete Ventura, do Naval de Porto Amboim venceu a prova dos 60 metros, enquanto para a mesma distância, na classe masculina, consagrou-se António Ndala, do 1º de Agosto.

Domingas António, do Interclube, venceu a prova dos 300 metros, enquanto João Lunga, da Força Aérea, arrebatou o troféu da classe masculina.
Silva Cacuti