Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Desporto conquista angolanos

Rosa Napoleo - 10 de Dezembro, 2018

Fotografia: DR

Angola vai contar nos próximos tempos com mais uma prática desportiva. O Triatlo. O evento atlético é composto por três modalidades e já conquistou o coração de muitos angolanos.  O último evento disputado no país aconteceu sábado passado na Ilha panorâmica de Luanda.
Sandro Carvalho, um dos organizadores do evento, disse, em declarações ao Jornal dos Desportos, que a prática conta já com um número razoável de atletas.
\"O triatlo está em Angola há algum tempo. Era praticada apenas por atletas expatriados. Há quatro anos, muitos atletas angolanos interessam-se pela prática\", esclareceu.
O dirigente ressaltou a importância da realização de provas de triatlo em Angola.
\"É a primeira vez que realizamos esta actividade em grande escala em Angola. O objectivo principal é conquistar o maior número de adeptos. Temos no país excelentes condições para a prática, além de atletas  com resultados interessantes em competições internacionais\".
Na competição organizada pela Cayatte em parceria com a Federação Angolana de Natação e a Associação Provincial de Ciclismo de Luanda, foi disputada a variante estafeta com conjunto de dois a três atletas. Angola participou com apenas uma equipa (Gicate) composta por quatro atletas. O evento contou com representantes do Brasil, Bélgica, Cuba, Cabo Verde, Itália, França, Escócia, Inglaterra, Estados Unidos  e Portugal.
Sandro Carvalho deixou a promessa de realização, no próximo ano, do Troféu de Triatlo com quatro provas.
\"Vamos continuar a trabalhar na massificação. Pensamos realizar outra competição de triatlo\", garantiu.
A criação de uma Associação Provincial de Triatlo de Luanda é um assunto que se discute pelos activistas da especialidade.
Triatlo é uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades. Estreou-se no programa dos Jogos de Sidney no ano 2000, após sofrer algumas modificações estabelecidas pela União Internacional de Triatlo (ITU), fundada em 1989. As modificações aplicadas teve como fim torná-lo mais atractivo ao público e alteraram a dinâmica da prova.