Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dikembe Mutombo enaltece organizao

Melo Clemente - 27 de Maio, 2019

Congols democrata chefiou uma delegao da NBA que testemunhou a primeira edio da AfroLiga

Fotografia: Miqueias Machangongo |Edies Novembro

O embaixador global da NBA, Dikembe Mutombo Mpolondo Mukamba Jean-Jacques Wamutombo, deu nota dez à Comissão Organizadora da primeira edição da AfroLiga, competição que encerrou ontem, no Pavilhão Arena do Kilamba, em Luanda.
Em declarações à comunicação social, a antiga estrela dos Houston Rockets, Philadelphia 76ers e Danver Nugets, que pela quarta vez consecutiva pisa o solo angolano, em menos de dois anos, enalteceu por outro lado, o nível competitivo apresentado pelas quatro equipas que disputaram a “Final Four” da antiga Taça dos Clubes Campeões Africanos da "bola ao cesto", designadamente,  1º de Agosto (Angola), Association Sportive de Salé de Marrocos, JS Kairouan da Tunísia e Smouha do Egipto, respectivamente.
“Angola está mais uma vez de parabéns pela excelente organização desta primeira edição da AfroLiga. Aliás, Angola é um país que respira o basquetebol, razão pela qual, a Fiba-Afrique decidiu atribuir a Angola a organização da Final Four e mais uma vez esteve à altura, como de resto, tem acontecido nas outras ocasiões com o público a participar de forma eufórica da prova”.
Para a antiga estrela da Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA), o nível competitivo apresentado pelas quatro equipas foi satisfatório, ressaltando o potencial do basquetebol africano.
“Penso que as quatro equipas justificaram claramente o facto de atingirem a Final Four da AfroLiga. Testemunhamos boas partidas de basquetebol e acredito que o público saiu satisfeito com a qualidade de jogo apresentado pelas quatro equipas. Mas uma vez ficou aqui provado que o basquetebol africano pode atingir patamares maiores se trabalharmos cada vez mais e sobretudo de forma profissional”, augurou o embaixador global da NBA.
O melhor defensor da NBA de 1994/1995, 1996/1997, 1997/1998 e 2000/2001, apelou aos governos africanos a apostarem cada vez mais nas infra-estruturas desportivas e na formação dos técnicos para que a modalidade possa conhecer níveis de desenvolvimento.
“Se quisermos que o basquetebol africano dê um salto qualitativo é imperioso que os governos apostem cada vez mais na construção de infra-estruturas desportivas modernas, sem esquecermos a formação contínua dos treinadores”, alertou Dikembe Mutombo Mpolondo Mukamba Jean-Jacques Wamutombo, atleta que nasceu na vizinha República Democrática do Congo.O congolês democrata reiterou mais uma vez a parceria que a NBA está a ter com a Fiba-Afrique.
 “A NBA está interessado em promover e ajudar a desenvolver o basquetebol africano, razão pela qual, decidiu associar-se a Fiba-Afrique e nesta fase experimental avançamos com a AfroLiga, competição que a partir do próximo ano recebe uma nova designação (African Basketball), revelou o antigo jogador dos Houston Rockets, Philadelphia 76ers e Danver Nugets, respectivamente.
Ao dirigir-se ao um grupo de jovens jogadores, que participaram de uma acção de refrescamento dirigido a treinadores, no último sábado, Dikembe Mutombo Mpolondo Mukamba Jean-Jacques Wamutombo encorajou os mesmos a serem persistentes.
“Se vocês quiserem ser jogadores de top mundial e actuando nas melhores ligas do mundo, primeiro têm que respeitar obrigatoriamente os vossos treinadores. Não interesse de onde vocês são provenientes.
O importante é vocês manterem o vosso foco no sonho de se tornarem uma verdadeira estrela do basquetebol mundial. Todos vocês devem acreditar que são capazes de se tornar jogadores de top tal como eu fui no passado”, finalizou um dos convidados VIPs da primeira edição da AfroLiga.Nascido em Kinshasa, capital da República  Democrática do Congo, aos  25 de Junho de 1965, Dikembe Mutombo Mpolondo Mukamba Jean-Jacques Wamutombo jogou profissionalmente na NBA durante quase duas décadas, tendo-se notabilizado igualmente ao serviço do Philadelphia 76ers.
Tinha como marcas em campo, o poder de defesa e de bloqueio, o que lhe permitiu ganhar o prémio \"Defensive Player of the Year Award\" (Defensor do Ano) nas temporadas de 1994-1995, 1996-1997, 1997-1998 e 2000-2001, tornando-se assim recordista individual do prémio.Iniciou a sua carreira na NBA, actuando pela formação do Denver Nuggets e terminou a carreira ao serviço do Houston Rockets. Tem 2,18m de altura e pesa 118 kg.
Tem a segunda maior marca de bloqueios de toda a NBA com 3.289, perdendo apenas para Hakeem Olajuwon, seu ídolo nesta última equipa.Parou de jogar profissionalmente no dia 21 Abril de 2009, quando sofreu uma ruptura no tendão do joelho esquerdo, disputando um roubo de bola com o também poste Greg Oden, do Portland Trai Blazers.