Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Director da Ferrari evita falar de Raikkonen

25 de Junho, 2015

“No mundo real, esquadras normais funcionam assim”, acrescentou. A permanência de Raikkonen pode ser decidida com base no desempenho geral apresentado pelo piloto.

Fotografia: AFP

Logo na primeira volta do GP da Áustria, Kimi Raikkonen complicou-se na pista. O finlandês, que largou em 14º, perdeu o controlo da Ferrari e colidiu com o espanhol Fernando Alonso. Os dois pilotos não tiveram nenhuma sequela do acidente, mas tiveram de deixar a corrida. Sem completar o circuito, Raikkonen vê a  situação piorar na Ferrari, já que a melhor colocação na temporada foi no GP de Bahrain, o qual terminou em segundo lugar. Apesar do desempenho, o chefe de equipa da esquadra, Maurizio Arrivabene, afirma ser muito cedo para decidir o destino do piloto para o ano de 2016.

“Há muito o que considerar e agora é cedo para dizer algo sobre ele ou decidir qualquer coisa”, afirmou o director. Arrivabene também avalia que uma decisão revelada no actual momento da temporada podia comprometer o desempenho de Raikkonen na Fórmula 1. “Preciso de pensar na minha posição, e isso implicaria dizer ao Kimi se ele está dentro, fora, ou o que seja. Mas quero que os pilotos permaneçam concentrados no que eles têm de fazer e se doem ao máximo”, disse.

O chefe também revelou que a Ferrari tem um prazo interno para decidir se seus pilotos vão permanecer para a temporada 2016. Além disso, todas as decisões são tomadas em conjunto com o presidente da escuderia, Sérgio Marchionne. “Claro que temos um prazo, mas não vou dizer qual é. Podia  até indicar a minha visão, mas precisamos de conversar com o presidente antes da decisão final”, admitiu.

"Se você é presidente, pode fazer o que quiser. Se não for, precisa compartilhar sua decisão para conseguir uma aprovação”, disse Arrivabene  e indicou  mais uma vez que a decisão não cabe exclusivamente ao seu posto. “No mundo real, esquadras normais funcionam assim”, acrescentou. A permanência de Raikkonen pode ser decidida com base no desempenho geral apresentado pelo piloto.