Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Director da FIA faz nova inspeco

12 de Maio, 2016

Charlie Whiting visitou j o circuito

Fotografia: AFP

Charlie Whiting, director de corridas da FIA, acredita que o circuito das ruas de Baku, capital do Azerbaijão, fique pronto em tempo da realização da prova marcada para 19 de Junho, no  mesmo dia das 24 Horas de Le Mans. O dirigente elogiou as instalações do circuito.A grande novidade do Mundial de F1 na temporada 2016, é  a disputa do GP da Europa que se realiza nas ruas de Baku, capital do Azerbaijão, o mais novo destino do Mundial. O circuito urbano tem uma extensão de 6.001 m, 20 curvas e previsão de 340 km/h de velocidade máxima.

 Charlie Whiting, director de corridas da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), fez mais uma inspecção ao traçado que recebe a F1 em pouco mais de um mês e garantiu que tudo fica pronto em tempo. O britânico elogiou as instalações da pista e, ao traçar um paralelo com o circuito urbano de Singapura, acredita que a pista azeri vai ser mais rápida.

  “O circuito vai estar pronto”, assegurou Whiting. “Você pode ver a qualidade de todas as instalações para onde olhar. A minha próxima viagem a Baku será no começo de Junho, e para lá espero  dizer que está tudo pronto”, declarou o engenheiro britânico.A pista, projectada pelo arquitecto Hermann Tilke, foi concebida para ser “o circuito de rua mais rápido do mundo”, nas palavras do próprio alemão, que acredita que uma volta no traçado fica em torno de 1min41s.

Decisão
McLaren deixa Alonso de fora


A McLaren  conta com Jenson Button e Stoffel Vandoorne nos testes que a F1  promove entre 17 e 18 de Maio, pouco depois do GP de Espanha, em Barcelona. Por sua vez, a Force India vai à pista com o jovem piloto de desenvolvimento Alfonso Celis.Com excepção da Sauber, que de antemão já anunciou que não participa dos testes de inter-temporada que a F1  promove entre 17 e 18 de Maio no circuito de Barcelona, as outras equipas, aos poucos,  definem a sua programação para a semana que vem, na Catalunha. A McLaren, por sua vez, deu folga a Fernando Alonso e preferiu optar por Jenson Button ao lado do novato Stoffel Vandoorne.

Já a Force India conta com o reserva imediato, Alfonso Celis, nos dois dias de actividades de pista.A Force India, por sua vez, optou por poupar os dois titulares, Sergio Pérez e Nico Hülkenberg, coloca na pista o jovem mexicano Celis, contratado para ser piloto de desenvolvimento da equipa. O piloto também disputa a F-V8 3.5, participou dos testes de pré-temporada com a Force India em Barcelona e teve também a chance de guiar o VJM09 nos primeiros treinos livres dos GPs do Bahrein e Rússia.

Para Otmar Szafnauer, chefe de operações da Force India, a sessão é uma oportunidade  de oferecer a Celis uma maior quilometragem e proporcionar maior experiência num carro de F1."Ele é um jovem encantador e que faz exactamente o que dele é pedido, e é bom. Nem todos os pilotos fazem isso.Isso, fomenta uma boa relação entre ele e a equipa. Ele vai melhorar, mas só vai fazê-lo quando passar mais tempo no carro. Os carros de F1 são um pouco especiais. Não há nada em outras categorias que possa  dar-lhe esse impulso, nem de longe. Depois do teste em Barcelona vamos ter uma ideia melhor”, comentou o dirigente em entrevista à revista britânica ‘Autosport’.