Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Director na Huíla elogia iniciativas

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 09 de Dezembro, 2013

Torneio interprovincial nos escalões de formação alusivo ao aniversário do MPLA animou a cidade do Lubangono valorizou o desporto

Fotografia: Jornal dos Desportos

O director Provincial da Juventude e Desportos da Huíla, Francisco Barros, reconheceu  que a realização de torneios alusivos ao aniversário de algumas entidades e instituições, nas camadas de formação, visa identificar novos talentos para engrandecer o desporto nacional, em particular o futebol. Francisco Barros disse que o sector que dirige, em coordenação com a Associação Provincial de Futebol, vai continuar a apostar nos escalões de formação e na realização de torneios para identificar novos talentos.

 Lembrou que a visão estratégica do MPLA traçou um programa para 2012-2017 com premissas fundamentais viradas para o desenvolvimento do desporto nacional. “É através da identificação desses talentos que vamos continuar a intensificar a politica desportiva a nível do país e em particular a nível da província.” Francisco Barros acrescentou que o torneio quadrangular de futebol em Sub-20 organizado quinta-feira e sexta-feira passadas, com a participação das selecções provinciais de Benguela, Huambo, Namibe e Huíla, foi uma mais-valia pois visou dar sentido à massificação desportiva que o Governo local leva a efeito.

 Alusivo ao dia das comemorações do MPLA, organizámos um torneio que já se tornou habitual na nossa província, para identificar novos talentos e vamos continuar a fazê-lo todas as vezes que a direcção do MPLA a nível da província manifestar a intenção de organizar essas provas. Temos as condições técnicas, humanas e materiais para o fazer.”

REVELAÇÃO
“Estamos satisfeitos
com os novos talentos”


Francisco Barros referiu que a qualidade do futebol demonstrado ao longo dos dois dias do torneio satisfaz o órgão que dirige. Acrescentou estarem a nascer novos talentos em vários clubes da província. “Estamos satisfeitos com a qualidade dos jogos, sobretudo a final, uma partida muito bem disputada. Estão de parabéns as selecções da Huíla e de Benguela por terem sabido corresponder à expectativa e protagonizarem um espectáculo que agradou a todos os presentes.”

 Vanda Senhorinha, coordenadora da Comissão de Disciplina e Auditoria do Comité do MPLA na Huíla, sublinhou que um dos objectivos da realização do torneio de futebol é diminuir a delinquência no seio dos jovens. “Foi uma prova desportiva muito proveitosa e os jovens estão bem preparados com realce para as selecções de Benguela e da Huíla que demonstraram possuir bons dotes futebolísticos. Apelamos a juventude para estar muito mais comprometida em actividades desportivas por serem educativas.”