Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Director satisfeito com desporto na Huíla

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 25 de Dezembro, 2013

Francisco Barros, que falava durante a cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano, disse estar também satisfeito

Fotografia: Jornal dos Desportos

O director provincial dos Desportos da Huíla, Francisco Barros, considerou positivo o movimento desportivo na província durante o ano de 2013.

Francisco Barros, que falava durante a cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano, disse estar também satisfeito com o empenho do governo provincial da Huíla liderado por João Marcelino Tyipinge, por engajar-se na recuperação de infra-estruturas desportivas e na melhoria de outras.

Sublinhou que essa vontade demonstrada pelo governo local constitui uma mais-valia que permite aumentar o número de atletas e continuar a fazer da província um pólo de desenvolvimento desportivo.

O dirigente apontou como resultados relevantes obtidos em 2013 a recuperação e edificação de infra-estruturas, com destaque para a relva do estádio Nacional da Tundavala e de Nossa Senhora do Monte, o sexto lugar alcançado pelo CD da Huíla no Girabola, o apuramento para as Afrotaças, assim como o retorno do Benfica do Lubango à primeira Divisão.

Francisco Barros destacou que o sector que dirige conseguiu realizar pela primeira vez o encontro provincial dos desportos. O responsável felicitou os atletas, dirigentes e os adeptos do clube militar da Região Sul por terem feito muito para que este desiderato fosse concretizado.

“Os mesmos parabéns são extensivos ao Benfica Petróleo do Lubango por ter conseguido um lugar no Campeonato Nacional de futebol. Nós, enquanto órgão reitor do governo, vamos poder acompanhar”, manifestou.

Francisco Barros afirmou que aliado a estas conquistas há a destacar a realização de torneios nacionais de basquetebol, andebol, ténis de campo e de boxe que tornaram a província um pólo de desenvolvimento desportivo. Ao longo da sua intervenção referiu que muito há ainda por fazer no campo desportivo, destacando o aumento do número de infra-estruturas e a recuperação de outras.

Defendeu a realização de acções formativas para dirigentes desportivos para que a planificação desportiva seja eficiente e possa haver discussões sobre o desporto. 
“O desporto é uma actividade de conhecimento científico. Só assim se podem trilhar os resultados que nós esperamos. De qualquer forma estamos aqui para dizer que graças ao empenho colectivo de todos foi possível a realização com êxito das actividades ao longo do ano”, disse.
Gaudêncio Hamelay, no Lubango


POLIDESPORTIVO
Massificação no Moxico
“caça” jovens talentosos


A massificação de futebol, andebol, basquetebol, xadrez, ginástica, futsal, entre outras modalidades, nas escolas, permitiu a descoberta de 1076 novos talentos na província do Moxico. A informação consta do relatório anual da direcção provincial da Juventude e Desportos, a que o Jornal dos Desportivos teve acesso, e aponta a envolvência “séria” das 11 associações provinciais desportivas e dois clubes federados como a razão do êxito.

Os talentos foram descobertos em torneios e campeonatos escolares realizados durante o ano, com ênfase dos III Jogos Escolar, decorrido em Agosto, no Luena.
Durante os eventos desportivos de 2013, indica a nota, foram envolvidos 43 técnicos, 44 árbitros, 242 praticantes de rendimento e 29 mil e 773 amadores.

O documento destaca o terceiro lugar obtido pelo FC Bravos do Maquis, no Girabola, como um dos maiores feitos desportivos do ano na província, bem como a participação da província nos VII Jogos Nacionais Escolares, no Uíge, a promoção da marcha e do festival de patinagem em saudação ao 41º mundial de hóquei em patins, decorrido nas províncias angolanas de Luanda e do Namibe.

A conquista do campeonato nacional de futebol com muletas pelo Misto do Moxico, no mês de Agosto, no Kuando-Kubango, e o acompanhamento da evolução de vários campeonatos e torneios provinciais e dos representantes na provas nacionais, entre outras actividades, foram igualmente realçadas no relatório de balanço da direcção dos Desportos.

A instituição renova o compromisso de continuar a promover a generalização da prática desportiva nos jovens, mulheres e idosos, reforçar os mecanismos de prospecção de talentos, dando especial atenção ao desporto escolar, bem como garantir os pressupostos básicos necessários para se coordenar e desenvolver o desporto na vertente do alto rendimento.
Daniel Melgas, no Luena