Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Director tcnico satisfeito com nveis das seleces

Rosa Panzo - 11 de Abril, 2014

Morais Abreu, mostrou-se satisfeito com o nvel de aproveitamento

Fotografia: Jornal dos Desportos

Morais Abreu efectuou recentemente visitas de trabalho às províncias do Namibe e Benguela, a fim de avaliar o rendimento das duplas, desde o início da preparação até à data da visita.

“Os atletas destas duas províncias têm boas referências nesta faixa etária, porque a nível de torneios escolares são os que mais se destacam. Nesta visita constatei que as duplas estão a superar as expectativas traçadas pelos técnicos locais”, disse.

Morais Abreu disse que se debateu com algumas dificuldades que as duplas atravessam para realizar a preparação, mas no que concerne à entrega, o dirigente salientou que os treinadores têm efectuado um excelente trabalho.

“Desta vez levei apenas algum material para possibilitar a preparação dos atletas, tais como bolas, redes e outros acessórios para os treinos”, realçou.
O dirigente referiu ainda que nas duas províncias os atletas têm problemas de logística, “porque não há condições para se comprar merendas para os atletas ou de se fazer o lanche após os treinos”, comentou.

Morais Abreu reforçou ainda que apesar das vicissitudes, os atletas entregam-se aos treinos para conquistarem o seu lugar na selecção.

Para ultrapassar a situação, Morais Abreu disse que a federação vai reunir condições para a resolução destes problemas.

A direcção técnica vai aproveitar a pausa escolar para a realização do Censo populacional, a ter lugar em todo o país no próximo mês de Maio, para juntar as duplas que trabalham nas três províncias, a fim de serem submetidas a testes de avaliação antes da triagem.

Na província do Namibe trabalham ao serviço das pré-selecções oito duplas, das quais quatro em femininos e igual número em masculinos, sob orientação do treinador Mário Makila, ao passo que no Lobito estão duas duplas orientadas pelo treinador Santos Completo. Em Luanda, sob orientação de Morais Abreu, labutam quatro duplas em femininos e duas em masculinas.