Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic ameaça hegemonia de Nadal

20 de Maio, 2014

O espanhol David Ferrer é o quinto colocado com 5.030 pontos.

Fotografia: AFP

Tenista sérvio venceu domingo o Master de Roma e ficou a três pontos do líder no ranking O sérvio Novak Djokovic está cada vez mais próximo de recuperar a primeira posição do ranking mundial, que perdeu há cerca de um ano para o espanhol Rafael Nadal.Após derrotar o espanhol na final do ATP Master 1000 de Roma, o tenista de 26 anos soma agora 11.850 pontos e está apenas a 650 de Nadal, que continua a liderar, com 12.500.Djokovic pode recuperar a primeira posição da classificação já em Roland Garros e para isso nem precisa de vencer a prova. Caso chegue à final, Djokovic pode ser de novo número 1. Na terceira posição, de acordo com a classificação mundial divulgada ontem, o suíço Stanislas Wawrinka segue em terceiro com 5.830 pontos, seguido de Roger Federer (Suíça), em quarto com 5.125 pontos. O espanhol David Ferrer é o quinto colocado com 5.030 pontos.

Azarenka desiste
da Roland Garros


A bielorrussa Victoria Azarenka, actual número cinco do ranking WTA, confirmou ontem que não vai participar em Roland Garros, evento com início marcado para o próximo domingo em Paris. A tenista de 24 anos, que em 2013 atingiu as meias-finais, comunicou a decisão na página pessoal do twitter: "Infelizmente não vou poder competir em Roland Garros. Continuo a trabalhar muito para conseguir recuperar. Quero agradecer todo o apoio que me têm dado".

Azarenka, ex-número um mundial e que começou o ano na segunda posição do ranking, só jogou um encontro depois do Open da Austrália, em que perdeu nos quartos-de-final.A bielorrussa ainda não sabe quando deve regressar, mas a presença em Wimbledon dentro de cinco semanas, é o próximo objectivo. "Vou levar o processo dia a dia", confessou.