Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic e Murray com estreia vitoriosa na Taça Davis

06 de Março, 2016

Número um da ATP venceu a partida de pares entre a Sérvia e o Cazaquistão para a Taça Davis

Fotografia: AFP

Nada está definido nos duelos da Sérvia, de Djokovic e da Grã-Bretanha, de Andy Murray. Se hoje vencerem, os dois melhores tenistas do mundo enfrentam-se em Julho nos quartos-de-final da competição mundial. Para isto, vão ter de batalhar duro nos duelos que se apresentam nivelados após o primeiro dia de disputa.

Djokovic voltou às quadras depois de recuperar de uma infecção no olho, foi responsável pela primeiro ponto sérvio, venceu Aleksandr Nedovyesov (N.200) em três sets, 6-1, 6-2, 6-3, em Belgrado, mas os cazaques conseguiram deixar tudo igual com a vitória de Mijail Kukushkin (N.78) sobre Viktor Troicki (N.23), 7-5, 6-2, 6-4.

Já em Birmingham, Andy Murray que é a estrela dos britânicos, abriu o baile com um fácil triunfo em três sets por 6-1, 6-3 e 6-1, sobre o japonês Taro Daniel (87º). Kei Nishikori, número 6 do ranking ATP, empatou para o Japão em seguida, também com uma vitória em três sets, por 6-3, 7-5 e 7-6 (7/3), sobre Dan Evans.

A Grã-Bretanha defende o título da Taça Davis conquistado no ano passado sobre a Bélgica, rompeu 79 anos de seca do país nesta emblemática competição.

Noutros jogos da primeira ronda do Grupo Mundial da Taça Davis, Argentina e França encaminharam as  qualificações, abriram 2 - 0 de vantagem sobre Polónia e Canadá, enquanto os duelos Alemanha -República Tcheca, Estados Unidos-Austrália e Croácia-Bélgica estão empatados em 1-1.

Ontem houve a continuidade dos jogos entre duplas.

 Hoje são disputados outros dois confrontos de simples, caso necessário.

PORTUGAL

João Sousa conquistou também na sexta-feira o primeiro ponto para Portugal na primeira eliminatória do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis em ténis, ao vencer o austríaco Gerald Melzer, por 6-1, 7-5 e 6-2.

O número um português e 37.º tenista mundial precisou de duas horas e um minuto para  impor-se  a Melzer, 116.º do ‘ranking’, no primeiro encontro da eliminatória com a Áustria, que decorre até hoje no Pavilhão Vitória Sport Clube, em Guimarães.