Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic e Nadal podem cruzar

28 de Agosto, 2016

Djokovic foi campeão dos dois primeiros Grand Slams do ano o Open da Austrália e Roland Garros

Fotografia: AFP

O sérvio Novak Djokovic, número um do mundo e actual campeão do US Open, pode cruzar com o espanhol Rafael Nadal nas meias-finais do torneio nova-iorquino, de acordo com o sorteio realizado na sexta-feira, que colocou o russo Andrey Kuznetsov (42º) no lugar do brasileiro Thomaz Bellucci (62º) na primeira rodada.

“Nole”, que vem de uma grande desilusão nos Jogos Olímpicos do Rio, onde foi eliminado na primeira ronda pelo futuro campeão Juan Martín Del Potro, não terá uma estreia das mais tranquilas. Ele denfronta o talentoso polaco Jerzy Janowicz, que ocupa a 228ª posição, mas que já foi número 14 do mundo.

“Ainda não estou 100%, mas estou a chegar perto. Ainda tenho alguns dias pela frente. Espero que seja o caso na segunda-feira(amanhã), quando o torneio começar”, comentou o sérvio, que depois da Olimpíada desistiu do Masters 1000 de Cincinnati por causa de uma dor no punho.

Djokovic foi campeão dos dois primeiros Grand Slams do ano, o Open da Austrália e Roland Garros, mas caiu na terceira rodada de Wimbledon. “Aprendemos mais com derrotas do que com vitórias. Derrotas sempre acontecem por um motivo. É preciso saber tirar lições delas”, completou.

Além de Nadal, o líder também tem na sua chave o croata Marin Cilic, campeão do US Open em 2014, que pode denfrontar nos quartos de final. Cilic faz sua estreia contra o brasileiro Rogério Dutra Silva, o Rogerinho.

Na parte de baixo da chave, os dois favoritos para se defrontam nas meias-finais são o escocês Andy Murray e o suíço Stan Wawrinka. Murray está de vento em popa: acaba de se tornar bicampeão olímpico, pouco depois de conquistar o seu segundo título em Wimbledon, depois de 2013. Na semana passada, o britânico, que já ganhou o US Open em 2012, disputou a final em Cincinnati, mas foi derrotado por Cilic.

Pentacampeão do Grand Slam nova-iorquino, Roger Federer não disputará o torneio por ter encerrado sua temporada em Julho, por causa de uma lesão no joelho. No feminino, a número um do mundo Serena Williams, que almeja o 23º título do Grand Slams, deve denfrontar, em teoria, a romena Simona Halep nos quartos de final e a polaca Radwanska na semi.