Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic está indiferente

04 de Outubro, 2013

Djokovic poderá deixar de ser o número um do

Fotografia: AFP

O tenista sérvio Novak Djokovic garantiu ontem ser indiferente ao facto de perder o posto de número 1 mundial para o espanhol Rafael Nadal, caso este atinja a final do torneio de Pequim.

“Tento fazer o que faço normalmente, que é ganhar jogos”, disse Novak Djokovic, depois de derrotar o espanhol Fernando Verdasco por 7-5, 2-6 e 6-2.

O sérvio negou a hipótese de que as dificuldades sentidas no encontro dos oitavos-de-final tenham sido fruto da pressão que sente devido à luta pelo primeiro lugar do ranking ATP.

“Faltou-me concentração no início do jogo, é tudo. A classificação vai mudar, está constantemente a mudar, não podes perder muito tempo a pensar nisso”, garantiu “Djoko”, que lidera o “ranking” há 101 semanas.

Rafael Nadal voltará ao número 1 caso atinja a final do torneio de Pequim, independentemente do resultado que o sérvio consiga esta semana.

“O meu objectivo é ganhar o maior número de jogos possível e a classificação reflectirá isso”, concluiu Novak Djokovic, que conquistou o torneio de Pequim em três ocasiões (2009, 2010 e 2012). Por outro lado, o tenista João Sousa, o primeiro português a vencer um torneio ATP, confirmou ontem que foi contactado por emissários do empresário Jorge Mendes e adiantou que as negociações estão bem encaminhadas.

“Houve pessoas da confiança do senhor Jorge Mendes que me contactaram. Tivemos uma reunião e estou muito contente com o que me disseram”, disse João Sousa. De acordo com o tenista português, de 24 anos, “as coisas estão bem encaminhadas”. “Não há nada acertado, mas as coisas estão no bom caminho”, contou, especificando que a empresa do empresário português passaria a funcionar como gestor da sua carreira.

Jorge Mendes representa, entre outros, os jogadores de futebol portugueses Cristiano Ronaldo, Pepe, Fábio Coentrão ou João Moutinho, o treinador José Mourinho, o colombiano Radamel Falcao e o argentino Di Maria.