Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic mantém Sérvia viva

08 de Março, 2016

Conforme se aproximava da vitória Djokovic mostrava expressão cada vez mais confiante e positiva até saiu a sorrir

Fotografia: AFP

Foi sofrido, mas Novak Djokovic manteve as esperanças sérvias no confronto diante do Cazaquistão pelo Grupo Mundial da Copa Davis. O número 1 do mundo lutou por 4h57 de partida e venceu duelo de cinco sets contra o 79º colocado Mikhail Kukushkin por 6/7 (6-8), 7/6 (7-3), 4/6, 6/3 e 6/2.
Com o resultado, a série de disputas em quadra dura e coberta em Belgrado está empatada por 2- 2. O sérvio Viktor Troicki e o cazaque Aleksandr Nedovyesov definem o país classificado aos quartos de final. A nação vencedora do confronto denfrenta a Grã Bretanha ou Japão em Julho.

O primeiro set seguiu sem quebras até o tiebreak. No momento em que Djokovic foi ameaçado, o set estava empatado por 5/5 e ele combinou um bom saque aberto com um arriscado voleio. O sérvio abriu 2-0 no tiebreak, mas fez uma dupla-falta. Mais tarde, Kukushkin teve 5-3 e viu Djokovic reagir até salvar um set point no saque. Mas o cazaque explorou subida do sérvio à rede e depois contou com erro do rival para fechar o set.

Uma quebra logo de cara no segundo set animou os fãs do sérvio, mas a vantagem durou até o quarto game com uma dupla-falta. Os dois jogadores ainda trocariam quebras mais uma vez, continuando iguais até o tiebreak. Djokovic ainda chegou a jogar um game de 12 minutos no 4/4 sem conseguiur quebrar o rival, mas dominou o game desempate para igualar a partida.

O baque veio no início da terceira parcial com duas quebras a favor do cazaque e liderança por 4/1. Djokovic devolveu uma delas, mas voltaria a perder o saque com duas duplas-faltas. Kukushkin falhou na primeira possibilidade que teve de sacar para o set, mas fechou a parcial no décimo game.

A maré melhorou no quarto set, em que Djokovic não enfrentou break point, cedeu só oito pontos sacando e comemorou muito a quebra obtida no sexto game. Aproveitando o bom momento, o número 1 do mundo, largou em vantagem no set decisivo e foi firme no saque para administrar o placar até o fim. Conforme se aproximava da vitória, Djokovic mostrava expressão cada vez mais confiante e positiva, até saiu rindo depois de fazer um winner de devolução e foi ovacionado pelos fãs ao término da partida.