Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic partilha vitória

14 de Novembro, 2013

Tenista sérvio dedicou o segundo título consecutivo no ATP World Tour Finals ao trabalho realizado pela sua equipa

Fotografia: AFP

O tenista sérvio Novak Djokovic, que venceu o Masters ao derrotar o número um mundial, o espanhol Rafael Nadal, por 6-3 e 6-4, dedicou o segundo título consecutivo no torneio à sua equipa."Podem ver-nos a jogar sozinhos no 'court', mas os grandes sucessos vêm das pessoas que estão por trás de nós", disse "Djoko", de 26 anos, que conquistou o seu terceiro título no Masters e somou a sua 22.ª vitória consecutiva.

O número dois mundial tornou-se o oitavo tenista a defender com sucesso o título do torneio que junta os oito melhores jogadores da época e conquistou o décimo título frente a Nadal em 19 finais disputadas. Após a final do Masters Novak Djokovic elogiou ainda o espanhol, falou sobre a rivalidade entre ambos e garante partir para o ano de 2014 muito motivado.

«Foi para mim o melhor final de época ATP, antes da final da Taça Davis. Esta vitória dá-me uma supermotivação para 2014. Vinte e duas vitórias seguidas é a minha melhor série depois daquela que consegui no início de 2011. Consegui voltar a ganhar a Nadal após duas derrotas muito duras nas meias-finais de Roland Garros e na final do US Open. A nossa rivalidade permite-nos chegar aos nossos limites. Tornámo-nos melhores jogadores. Ele progrediu muito em piso rápido.

Tornou-se num jogador ainda mais completo. Depois da final do US Open, tive de compreender o que precisava de fazer para lhe ganhar de novo. Os resultados mostram que, em conjunto com a minha equipa, trabalhámos bem», afirmou o sérvio após a vitória em Londres.De 15 a 17 de Novembro, Djokovic vai estar envolvido na final da Taça Davis, que opõe a Sérvia à República Checa. Depois, vai disputar encontros de exibição na África do Sul, onde vai reencontrar Nadal, e só depois vai descansar.
-