Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic reconhece actuação ruim

15 de Abril, 2016

Djokovic destacou que não actuou bem

Fotografia: AFP

Nesta quarta-feira, o mundo do tênis foi pego de surpresa com a precoce eliminação de Novak Djokovic do Masters 1000 de Monte Carlo. O carrasco do número 1 do mundo foi o tcheco Jiri Vesely, 55º do ranking, que fez com que o sérvio perdesse na estreia após três anos, visto que a última derrota no primeiro jogo de um torneio havia sido no Masters 1000 de Madrid em 2013.

Apesar do resultado não esperado, Djokovic destacou que não actuou bem em quadra e que todos os jogadores podem perder, mas não escondeu o desapontamento.“Esta é uma prova em que ninguém é imbatível. Na minha carreira, várias vezes já perdi umpartida. Não é a primeira vez. Há poucas coisas positivas que eu posso tirar da partida de hoje. E eu joguei muito, muito mal”, afirmou Nole.

Djoko, porém, fez questão de enaltecer Vesely. O melhor tenista da actualidade reconheceu que o checo de 22 anos foi melhor em quadra. “Claro que não é fácil ser eliminado e aceitar a derrota logo após sair da quadra. Mas eu tenho que felicitar o meu oponente. Ele jogou muito sólido, sacou muito bem e foi agressivo, além de jogar muito bem tacticamente”, disse Novak.