Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Djokovic triunfa em Wimbledon

16 de Julho, 2018

Novak Djokovic tambm comentou, o que espera do adversrio, sobre a deciso.

Fotografia: AFP

 Foram cinco horas de jogo para o semifinalista do torneio de Wimbledon de 2018 ser definido, mas o ex-número um do mundo, Novak Djokovic, garantiu a supremacia ao vencer Rafael Nadal,  em confronto memorável. Após conquistar a vaga, o tenista sérvio afirmou tratar-se de um marco na carreira dos dois atletas.
\"Foi muito especial. Estava muito claro, que foram os detalhes que fizeram com que eu fosse o vencedor, principalmente, os últimos golpes. Ele também teve muitas chances, ficou muito perto de quebrar o meu saque, neste último set. Enfim, são partidas como essa, que me fazem viver o ténis e trabalhar no desporto\".
Novak Djokovic também comentou, o que espera do adversário, sobre a decisão. Na visão do sérvio, Anderson é um forte oponente, principalmente, pela boa fase em que está. Entretanto, garantiu que vai \"digerir\" a vitória para  concentrar-se na final.
\"Nós dois, vamos fazer de tudo para estar na melhor forma física, no domingo. Ele teve um dia de descanso a mais do que eu, algo que eu gostava muito de ter, nesse momento. Mas essa é a realidade, tenho de aceitar e aproveitar que estou na final de Wimbledon. Vou primeiro “digerir” essa vitória, para aí sim, focar todas as minhas atenções na final.
A vitória leva Djokovic à quinta final em Wimbledon. Destas, o tenista conquistou três títulos: em 2011, contra o próprio Nadal, 2014 e 2015 contra Federer. O seu único vice -campeonato foi em 2013, quando o sérvio foi derrotado por Andy Murray, que levou a Grã-Bretanha a jejuar  o período de 77 anos sem vencer a fase.