Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dovizioso vence em Valncia

19 de Novembro, 2018

O campeonato de Moto GP chegou ontem ao fim com a disputa da 19 ronda realizada no Grande Prmio de Valncia

Fotografia: Dr

O campeonato de Moto GP chegou ontem ao fim com a disputa da 19ª ronda, realizada no Grande Prémio de Valência em Ricardo Tormo, comunidade de Valência. O italiano Andrea Dovizioso foi o grande vencedor, seguindo-se-lhe no pódio os espanhóis Alex Rins e Pol Espargaro.
A corrida teve um bom arranque, sem quedas na partida, nem problemas maiores, apenas com um toque entre Marc Márquez e Danilo Petrucci. Maveric Viñales, partiu da pole, mas não conseguiu manter a posição e foi ultrapassado por Alex Rins e Andrea Dovizioso. Valentino Rossi, partindo da 16ª posição na grelha, fez uma série de ultrapassagens e conseguiu assumir o primeiro lugar na corrida, mas na 14ª volta, a corrida foi interrompida devido ao excesso de água na pista.
Com o reinício  da corrida, fez-se uma nova grelha de partida. Dovi ultrapassou Alex Rins até assistirem ao acenar da bandeira xadrez. Dani Pedrosa vencedor da corrida do ano passado não foi além de um quinto lugar.
Os pontos mais críticos da corrida foram as quedas de Viñales, Márquez, Miller, Petrucci, Iannone, Morbidelli e Rossi. Este último ocupava a 2ª posição, mas nas últimas voltas caiu para o 13º lugar na corrida. Apesar de terminar em terceiro lugar no campeonato, o italiano Valentino Rossi saiu frustrado e decepcionado, em 2018, por não conseguir terminar com o seu jejum de vitórias de mais de 20 grandes prémios. A sua última vitória foi no ano passado em 2017, no GP da Holanda em Assen.
Na categoria de Moto 2, o vencedor foi Miguel Oliveira, seguindo-se-lhe no pódio Iker Lecuone e Alex Márquez, já na Moto 3, o pódio ficou da seguinte maneira. 1º Can Oncu, 2º Jorge Martin e 3º John McPhee. O segundo é o actual campeão da modalidade de Moto 3.
Com o fim do campeonato, agora resta apenas fazer o balanço e os prognósticos para 2019. Muitos amantes da modalidade estão a apostar as suas fichas, para o título de 2019, nas  disputas entre Marc Márquez e um dos seguintes pilotos: Andrea Dovizioso, da Ducati, Maverick Viñales, da Yamaha, e Jorge Lorenzo, da Repsol Honda. São os que estão a apostar numa disputa entre Lorenzo e Dovizioso, ou  entre um desses dois e Viñales, Rossi, Rins, Miller, Iannoneb e Cructchlow.
A Repsol Honda (Márquez), Ducati (Dovizioso e Lorenzo) e a Yamaha (Valentino Rossi) estavam mais ou menos equilibrados, até surgirem os desaires, para os pilotos da Ducati  e da Yamaha. Dovizioso e Lorenzo contribuíram muito para sua auto-destruição e perda do título, ao longo do campeonato, e Valentino Rossi não tinha mota suficiente para chegar próximo da Honda e da Ducati.
No final de contas, muitos ficaram sem saber se os pilotos da Ducati perderam o título pelas suas falhas, ou se Márquez venceu o campeonato pela qualidade da sua Honda (mota) ou pelo seu estilo consistente de condução. Em muitos grandes prémios, os pilotos da Ducati pareciam ter uma mota  com velocidade muito superior à da Repsol Honda de Márquez.
Com ultrapassagens de cortar respiração, curvas lentas e rápidas, faça calor, frio, sol ou chuva, os amantes da Moto GP aguardam com impaciência o próximo campeonato que começa em Março e esperam que seja bem mais competitivo do que o deste ano.