Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Drio Antnio revalida ttulo Nacional

Simo Kibondo - 01 de Julho, 2019

Drio Antnio cronometrou 30 minutos e 16 segundos

Fotografia: Edies Novembro

O ciclista Dário António do Bai –Sicasa- Petro Atletico de Luanda, revalidou  sexta-feira última, o título de Campeão Nacional de Contra Relógio de 25 Km, disputado na região da Cabala, no Município da Quissama, com oitenta e sete (87) dos cento e dois (102) ciclistas inscritos, em representação de onze(11) equipas de Luanda e Benguela.
Dário António cronometrou 30 minutos e 16 segundos, foi secundado por Igor Silva (00: 31:16) e Gabriel Cole( 00:31:25), este último, por ser o Campeão de Sub-23, o pódio de Elites (seniores) ficou completo com Cruz Tutu (00:31:38).
O campeão de velocidades 2019 de sub-23 é Gabriel Cole(00:31:25), seguido de Bruno Araújo (00:31:38), ambos do Bai-Sicasal Petro Atlético de Luanda e José Panzo (00:31:38) da Jair Transportes de Benguela.
Os Campeões das restantes categorias, Juniores , Cadetes Juvenis e Masters ( Veteranos, 35, 40 3 50 anos), a organização, depois dos acertos técnicos promete revelá-los. Contudo, a nossa reportagem que acompanhou a prova, testemunhou o domínio dos ciclistas benguelenses das 2Rodas, Jair Transportes e Hotel Luso, nas provas de velocidades no escalão de formação.
No sábado, disputou-se o Contra-relógio por equipas de 50 Km, com o percurso Cabala/Estrada da Muxima/Cabala, na Estrada Nacional 110, para atribuição do título de Campeão Nacional de Velocidade da Especialidade.
Na ordem de partida deste Campeonato Nacional de “ perseguição colectiva”, a Gicate foi a primeira equipa a partir, seguida da Bai-Sicasal- Perto de Luanda , Kambas das Binas(KB), Clube de Ciclismo do Kilamba(CCCK), Rodas, Jair Transportes,  Hotel Luso, , Kambas do Pedal de Luanda(KPL), RV- Racing , Amadores do Cicloturistas (ACT), Orped- Connection.
O Campeonato Nacional de Ciclismo de Estrada Unificado(CNCEU) 2019 terminou ontem (30.06) com a disputa da prova”rainha” de fundo, na especialidade em Linha, para atribuição do título de Campeão de Angola que pode ser absoluto, caso o vencedor seja um dos Campeões Nacionais de  Contra-Relógio.