Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Duda é eleita melhor do mundo

27 de Fevereiro, 2015

Brasileira colecciona segundo título

O prémio coroa uma época inesquecível para Duda e serve como reconhecimento  pelo desempenho em 2013. Na ocasião, a central foi eleita a melhor jogadora do Mundial da Sérvia, realizado em Dezembro, quando ajudou o Brasil a ganhar um título inédito. Mesmo assim, não esteve presente na lista de indicadas, em Janeiro de 2014, ao prémio de melhor de 2013.

Na última temporada europeia (assim como no futebol, ela vai de Agosto a Junho), Duda ajudou seu clube, o húngaro Györ Audi ETO, a conquistar o bicampeonato da Liga dos Campeões da Europa, principal torneio interclubes do mundo.

A jogadora, que está no Brasil em tratamento da lesão que sofreu no joelho durante um torneio disputado pela selecção na Espanha em Novembro passado, recebeu 35,2 por cento dos votos. Duda foi seguida da romena Christina Neagu (25,8 por cento) e da norueguesa Heide Loke (16,8 por cento). A sueca Isabelle Gulldén e a espanhola Marta Mangué também concorreram.

Duda começou a carreira na Metodista-São Bernardo, uma das equipas mais tradicionais do Brasil e está na Europa desde 2006. No continente europeu passou três anos pelo Kometal Skopje, da Macedónia, antes de chegar ao Györ Audi ETO, em 2009. Pelo Brasil, ganhou o ouro nos Jogos Pan-Americanos em 2007 e 2011.

Na classe masculina, o título do melhor atleta do mundo foi atribuído ao francês Nikola Karabatic, que recebeu 33,7 por cento dos votos, superando o seu compatriota Thierry Omeyer, melhor jogador do Mundial do Catar, em Janeiro, quando a França conquistou o título. Karabatic é bicampeão olímpico, tricampeão mundial e europeu e já havia levado o prémio em 2007.