Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Duplas trabalham na Ilha do Cabo

Rosa Panzo - 31 de Maio, 2018

As duplas esto a corresponder as expectativas traadas pela equipa tcnica.

Fotografia: AFP

Técnicas especificas nos aspectos de resistências, força, exercícios com bolas medicinais, elasticidade, fortalecimento nos membros inferiores e superiores, atarefam o primeiro micro ciclo preparatório da Selecção Nacional de voleibol de praia, em ambas as classes, que projecta a XI edição dos Jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a decorrer de 21 a 28 de Julho, em São Tomé e Príncipe. As duplas nacionais trabalham Duplas trabalham na Ilha do Cabosob comando técnico do treinador do 1º de Agosto Zé Maria e Mário Silva \"Magú\". 

O seleccionador angolano, Mário Silva \"Magú\" disse que as terças e quintas, o grupo concentra-se entre as 8 e às 10h30, ao passo que aos finais de semana o grupo trabalha das 8 às 11h00.   

O técnico adiantou que, neste primeiro micro ciclo preparatório, as duplas estão a corresponder as expectativas traçadas pela equipa técnica.

“Estamos a trabalhar com atletas muito jovens com capacidade de aprender e superar as lacunas, ao longo da preparação. Para a conclusão do trabalho vamos aproveitar a disputa dos campeonatos provinciais em Junho, a fim de tirarmos algumas ilações e, posteriormente, limar as arestas”, disse.

O técnico acrescentou que, o facto dos atletas serem estreantes, o grau de  expectativas é sempre a melhor possível.

Na classe feminina Mário Silva \"Magú\" trabalha com as atletas Ketullen Sebastião e Nilda Matuca, ambas do 1º de Agosto; Jovania Kucelama, do Voleibol Blue, e Laurinda dos Santos,  do Petro de Luanda.

A viagem para o palco da competição está prevista para o dia 18 de Julho e o regresso acontece no dia 29 do mesmo mês. A delegação é composta por 79 elementos. Angola vai participar nas modalidades de basquetebol 3X3 (feminino), atletismo convencional e adaptado, voleibol, taekwandó e futebol. Com excepção ao atletismo adaptado, que vai congregar os Sub-20, as restantes modalidades são disputadas em Sub-16.