Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Edivaldo Gama vence José Yuri

Álvaro Alexandre - 17 de Março, 2016

Grandes partidas animam hoje mais uma jornada do absoluto de Luanda na sede da Federação Angolana de Xadrez

Fotografia: Jornal dos Desportos

Edivaldo Gama ganhou ao José Yuri, na partida de cartaz da quarta jornada do Campeonato Provincial Individual Absoluto'2016, disputa ontem, na sede da Federação Angolana de Xadrez. Com quatro vitórias consecutivas, o atleta do 1º de Agosto voltou a confirmar a invencibilidade na maior competição de Luanda. 

A vitória de Edivaldo Gama não sofre contestação. De peças brancas, o comandante começou o jogo com um ataque "mortífero". Bem posicionado na quadra, afunilou José Yuri até a morte da rainha. O derrotado não teve oportunidade de reagir à defesa e alterar o curso do jogo. A cada momento, o sufoco era maior. Sem hipóteses para reverter o jogo, ditou a sentença: match point.

Noutras partidas, Januário Lopes venceu Mestre Internacional Maria Domingos, Celso Baltazar derrotou Irinéia Gabriel, Luís Francisco venceu André Pompílio, Pedro Moura ganhou ao João Amaral, Denilson dos Santos venceu por falta de comparência Edivânio Domingos, Francisco de Almeida perdeu diante de Cláudio Félix, José do Rosário perdeu diante de Josemar Cabingano, António Paim perdeu diante de Raimundo Santana e Carlos Ngunga empatou com João Mário.

Após a conclusão da quarta jornada do Individual Absoluto de Luanda, a classificação é liderada por Edivaldo Gama com quatro pontos, seguido de Cláudio Félix (3,5), Denilson dos Santos (3,5), Josemar Cabingano (3,5), Raimundo Santana (3,5), João Mário (3), José Yuri (3), Celso Baltazar  (3), Carlos Ngunga (3), Luís Francisco (3).

Para a quinta jornada, que se disputa hoje, Cláudio Félix tem a difícil empreitada ao deparar-se no primeiro tabuleiro com Edivaldo Gama, líder invicto da competição. Depois de ascender ao segundo lugar, a manutenção da classificação vai custar alguns esforços a Félix. De peças brancas, o ataque deve ser fulminante para aspirar o topo da classificação.

Noutro lado do tabuleiro está Edivaldo Gama. Dono de uma defesa apertada, o líder da prova tem sabido tirar partido das oportunidades que lhe oferecem. Qualquer deslize de Félix vai ser fatal. Gama sabe fortificar as linhas de defesa e partir para contra-ataque feroz. O jovem do 1º de Agosto é um verdadeiro carrasco dos adversários.

Noutras partidas, Denilson dos Santos joga com Raimundo Santana, Josemar Cabingano enfrenta Januário Lopes, João Mário defronta Délcio Adão, Francisco Moisés joga com Celso Baltazar, José Yuri defronta Luís Francisco, Bernardo Baptista enfrenta Carlos Ngunga, Francisco de Almeida joga com Pedro Moura, António Xavier enfrenta Edivânio Domingos, Joel João joga com José do Rosário.