Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Emerson comea com vitria a defesa do ttulo

Hlder Jeremias - 01 de Fevereiro, 2018

Campeo Nacional foi o mais eficiente no Grande Prmio Fora Area Nacional

Fotografia: Edies Novembro

O atirador do 1º de Agosto, Emerson Gomes, está convicto da revalidação do título obtido na época transacta, depois de vencer a XIIIª edição do Torneio Força Aérea Nacional, que se disputou no fim-de-semana (26 a 28) no campo de tiro do Regimento de Defesa Antiaérea ao bairro Cantinton. O evento estava enquadrado na celebração do 42º aniversário daquele ramo das Forças Armadas Angolanas, que se assinalou a 21 de Janeiro.
Residente no Lubango, Emerson Gomes pauta por uma carreira desportiva profícua entre os atiradores da nova geração. O facto conferiu-lhe a confiança da direcção do 1º de Agosto, equipa que congrega Paulo Guga, Jorge Perestrelo e Paulo Silva, grandes nomes da praça nacional.
Depois da fase regular, seis atiradores ficaram habilitados para a disputa da final. Trata-se de Paulo Silva (100 disparos certeiros dos 125 atribuídos), Francisco Gastão (99), Emerson Gomes (95), Paulo Guga (95), Jorge Perestrelo (94) e Zidani Freitas.
Emerson Gomes destacou-se na precisão e relegou para posições imediatas Paulo Silva, Paulo Guga, Gercy Silva, Francisco Gastão e Zidani Freitas.
Demóstenes Solunga arrebatou o troféu da categoria de militares.
Alves Simões venceu a classe de veteranos. Zidani Freitas conquistou o prémio da categoria de juniores.
O 1º de Agosto lidera o \"nacional\" de fosso olímpico por equipas com o total de 284 pontos. O Interclube ocupa a segunda posição com 277 pontos e a Força Aérea Nacional, em terceiro, com 274 pontos. O Clube de Tiro e Pescas do Lubango é o quinto com 255 pontos, à frente do Clube de Tiro Caça e Pescas de Benguela com  252 pontos.
A segunda jornada do campeonato nacional está marcada para os dias 3 e 4 de Março, no campo de tiro do Interclube, nos arredores do Tanque Serra. O evento insere-se nas celebrações do 42º aniversário da Polícia Nacional que se assinala a 28 de Fevereiro.
A direcção técnica da Federação Angolana de Tiro elaborou um calendário provisório  para a época 2018. Agora, cabe aos clubes darem um parecer sobre as datas de realização dos eventos sobre a sua responsabilidade para procederem à elaboração do definitivo.
O coordenador do Complexo 21 de Janeiro, Demóstenes Solunga, elogiou o empenho dos atiradores e responsáveis de equipas. O gesto fez com que o evento fosse bem sucedido.