Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Entrega de medalhas adiada para sbado

Rosa Panzo - 08 de Dezembro, 2013

Para a Federação Angolana de Ténis de Mesa, a presença dos pais constitui um motivo de incentivo e de interesse à prática do desporto para os atletas. Os sete atletas permaneceram dois anos em formação na China e tiveram “aproveitamento positivo”.

O seleccionador nacional Manuel Pimenta disse ontem ao Jornal dos Desportos que os atletas estão em condições de competir com qualquer atleta desde o escalão de cadetes aos de juniores em qualquer parte do continente africano.

Durante o período de permanência na China, o técnico angolano acompanhou no local a formação dos atletas. Face à importância da formatura, Manuel Pimenta ressalta que não se deve “parar” pelo caminho de modo que os atletas tenham sempre rodagem competitiva.

“A evolução destes atletas é benéfica para o desenvolvimento da modalidade, porque hoje temos atletas cadetes que competem de igual para igual com atletas de outros escalões. Logo, se beneficiarem de outras formações, a modalidade cresce no país”, disse.

Os atletas Edvânio Neto, Ruth Tavares, Elizandro André, José Mayona, Paixão da Silva, Aléssio Peter e Isabel Albino beneficiaram de formação na China.