Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Entrega dos técnicos agrada a portugueses

20 de Novembro, 2013

O especialista disse que a acção formativa chegou em “boa hora”

Fotografia: Jornal dos Desportos

A entrega e a dedicação de técnicos angolanos no curso de actualização de metodologia de treino de voleibol, que decorre desde a última segunda-feira até ao próximo sábado, na sala de reuniões do Comité Paralímpico Angolano, em Luanda, mereceu elogios dos prelectores Domingos Sousa e André Pereira. Os técnicos portugueses garantiram que após a formação, o voleibol vai ganhar outro dinamismo que o vai catapultar entre as modalidades com mais destaque do desporto nacional.

Domingos Sousa ressaltou, no intervalo do segundo dia de formação, que existe uma motivação forte de transmitir os conhecimentos e grande vontade dos angolanos de aprender. Essa relação positiva faz com que a Federação Angolana de Voleibol (FAVB) e a Refriango, patrocinadora do curso, apostem cada vez mais no crescimento da modalidade, segundo o treinador português. “A parceria tem tido frutos e as duas instituições estão interessadas em fazer ressurgir o voleibol”, disse.

André Pereira, responsável e professor do projecto “Voleiblue” em Luanda, disse ao Jornal dos Desportos que o “voleibol está esquecido em Angola, mas a parceria entre a Refriango e a FAVB vai permitir o crescimento desse desporto”. “O voleibol vai ser uma referência do desporto angolano”, prometeu.

O técnico da equipa sénior masculina do Petro de Luanda, Francisco Boa, manifestou regozijo pela participação no curso. O especialista disse que a acção formativa chegou em “boa hora”, porquanto os angolanos vão tomar conhecimentos sobre a formação de crianças e planificação de treino.