Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Epal e 1 de Agosto apostam nos trofus

lvaro Alexandre - 17 de Dezembro, 2014

Mestre Fide Ediberto Domingos e companhia tm a misso de resgatar os trofus em disputas na cidade da Palanca Negra Gigante para a galeria do Grupo Desportivo da Epal

Fotografia: Jornal dos Desportos

O despique entre o 1º de Agosto e Desportivo da Epal vai marcar o Festival Nacional de Fim de Ano em xadrez, que arranca hoje, a partir das 15h00, na capital da província de Malanje. As duas equipas desembarcaram nas terras da Palanca Negra Gigante com os olhos nos troféus das três competições que compõem o evento desportivo.O director do Desportivo da Epal, Manuel Cunha, não esconde a ambição e assume que são candidatos aos títulos nacionais.

“Um campeão como a Epal vai para uma competição para vencer. O nosso principal adversário é o 1º de Agosto que apresenta jogadores de bom nível competitivo”, disse.O dirigente da Epal avançou que não vai haver “piedade”  para as formações de nível técnico inferior. “Se for necessário, vamos ganhar as equipas fracas por 4x0 e procurar um equilíbrio com as mais fortes, porque estamos na prova na nossa máxima força”, disse.

O Desportivo da Epal apresenta um plantel constituído por dois Mestres Internacionais (Armindo Sousa e Luciano OLiveira) e três Mestres Fide (Eduardo Pascoal, Ediberto Domingos e João Simões).O coordenador técnico da equipa de xadrez do 1º de Agosto, Abílio Silva, assumiu que são candidatos aos títulos por força das circunstâncias.

“Não podemos fugir às nossas responsabilidades. Somos candidatos ao título e vamos competir para ganhar. A equipa está preparada, não temos adversários de preferência e respeitamos todos. Estamos pronto para os enfrentar e esperamos por um final feliz”, disse.Os campeonatos nacionais vão ser disputados pelos xadrezistas de Luanda, Benguela, Lunda- Sul, Malanje, Namibe e Uíge. A província de Luanda vai marcar presença com o 1º de Agosto, Epal, Polivalentes Aldanuel, Progresso Sambizanga, Núcleo da Vila Alice, Núcleo de Viana, Núcleo do Rangel, Selecção das Forças Armadas, Macovi Popular e Macovi do Golfe.

ASSOCIAÇÃO
DE MALANJE GARANTE                   
A PRONTIDÃO

O presidente da Associação Provincial de Xadrez de Malanje, Abel Rosário, garantiu que tudo está em conformidade com o planeado eauguram uma grande competitividade.“Temos as condições preparadas para acolher 70 xadrezistas”, assegurou.As partidas vão ser disputadas de 17 a 22 do corrente mês, no anfiteatro da Faculdade de Medicina de Malanje. Para os anfitriões, os campeonatos nacionais servem para ganharem rodagem competitiva. “O Festival Nacional de Fim de Ano está integrado no Nacional Individual Activo, Partidas Rápidas e Por Equipas. Nas três provas, não temos grandes ambições. A nossa missão é  participar e o objectivo é ganhar experiência. Também pretendemos classificar-nos numa posição confortável”, desejou.