Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equilíbrio vai marcar provincial de Luanda

Helder Jeremias - 17 de Março, 2017

Emoções contagiantes são esperadas no campeonato provincial

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois de muitos anos na África do Sul, Fernando Baptista está de regresso ao motocross nacional. O piloto angolano representa o Team Transchipita na categoria 250cc do campeonato provincial de Luanda, que começa no dia 25 do corrente no circuito Jorge Varela.

Proprietário de uma ficha de serviço de elevado prestígio em terras de Nelson Mandela, Fernando Baptista compete na categoria rainha do \"Provincial\" ao comando da Yamaha que utilizou na zona VI.

Fernando Baptista iniciou a carreira desportiva em Luanda com uma passagem assinalável na classe dos 450cc (moto 4). Rumou para a África do Sul para dar sequência à formação académica, porém, nunca abdicou do motocross. O amor incondicional que sempre nutriu pelas competições sobre rodas, levou-o às pistas. Foi acolhido com grande satisfação pelos agentes desportivos, quando se aperceberam dos seus dotes invulgares no manuseio da motorizada.

Fruto do maior traquejo com que se exibia ao volante de uma moto de quatro rodas, Fernando Baptista ascendeu à categoria rainha, suportado por técnicos que lhe transmitiram conhecimentos sólidos sobre os aspectos tácticos nos mais variados circuitos. Assim, deu início a uma etapa mais produtiva, muito embora a pretensão de obter um título naquelas paragens ainda não se tenha tornado realidade.

Desde a última terça-feira no país, a sua equipa trata de todos os pressupostos administrativos junto da Associação Provincial de Motocross de Luanda, o que passa pela inscrição e a obtenção da licença desportiva para todos os efectivos da equipa. As suas motorizadas chegaram ontem ao país provenientes da África do Sul.

Com a pista do circuito Jorge Varela e as distintas áreas de serviço a beneficiarem de manutenção, Fernando Baptista desloca-se amanhã para o local da competição para realizar a primeira sessão de treinos livres e de adaptação. Juntam-se também os pilotos mais aguerridos da capital na projecção do início de época.

O presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Carlos Soweto, considera a presença de pilotos experientes na competição \"muito salutar\", pois representa um salto qualitativo que vem de encontro com as ambições da classe.

Soweto defende a necessidade das equipas nacionais apostarem também nos jovens com potencialidades no mercado nacional.

\"Este ano, vamos contar com a presença do campeão namibiano da categoria rainha (250cc), Ruhan Gous, acompanhado do seu compatriota que faz grande furor na classe dos 150cc. Os dois pilotos foram contratados pelo Team Dinamith. O Team Transchipita vai fazer-se representar pelo angolano Fernando Baptista, nos 250cc. Vai ser um campeonato muito difícil, se tivermos em conta o bom nível dos pilotos concorrentes nas três categorias\", avançou Carlos Soweto.


ENCONTRO
Soweto reúne com Osvaldo Varela


A presença do presidente honorário da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Osvaldo Varela, vai ser aproveitada para a realização de um encontro alargado de concertação, amanhã, a partir das 15h00, na sede da instituição ao Gamek, entre os efectivos da Associação Provincial.

Osvaldo Varela, que declinou a presidência da instituição de Luanda para assumir as funções de Embaixador Plenipotenciário na Suíça, se tem revelado uma personalidade nuclear na massificação e no desenvolvimento do motocross. O dirigente mantém um acompanhamento à distância e canaliza importantes apoios para suprir as dificuldades da instituição.

No encontro de amanhã, o Embaixador vai ouvir as preocupações prementes da actual gestão do espectáculo sobre rodas, liderada pelo ex-campeão dos 250cc, Carlos Soweto. O evento decorre numa altura em que o vice-presidente, Jandir Talaia, se demitiu das funções por alegada incompatibilidade com a filosofia de trabalho de Soweto.

O Jornal dos Desportos apurou que durante o encontro também vão ser passados em revista aspectos ligados ao regulamento que vai nortear a época desportiva, a alocação de meios técnicos e logísticos, assim como a relação da associação com as equipas, agentes desportivos e patrocinadores. 

\"Para nós é uma grande honra contarmos com a presença do senhor Osvaldo Varela, na qualidade de um dos grande pilares do motocross, na medida em que teremos um encontro que se espera bastante produtivo em termos de orientações e deliberações que se vão traduzir na melhoria do funcionamento da nossa instituição e consequente desenvoltura do campeonato provincial\", frisou Carlos Soweto.
HELDER JEREMIAS