Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equipa da Red Bull tarda em apresentar recurso

19 de Março, 2014

Milton Keynes informou que ia recorrer, uma vez que estava certa de não ter infringido

Fotografia: AFP

A Red Bull-Renault ainda não apresentou o recurso da decisão dos comissários do GP da Austrália, de desqualificar Daniel Ricciardo devido a irregularidades no fluxo de combustível do RB10, durante a corrida de domingo que o piloto australiano terminou em 2.º lugar, atrás de Nico Rosberg.
Logo após conhecer a decisão, a equipa de Milton Keynes informou que ia recorrer, uma vez que estava certa de não ter infringido o regulamento técnico, com o argumento de que tudo se devia a um problema nos sensores fornecidos pela FIA.

Todavia, apesar do problema nos sensores ser uma realidade que também afectou outras equipas, nenhuma delas optou por basear-se na leitura proveniente de dispositivos próprios, pois essa acção constitui uma infracção. Meios de comunicação social australianos citam uma fonte da FIA, nesta segunda-feira, com garantias de que ainda não deu entrada qualquer recurso da Red Bull em relação ao tema, embora ainda tivesse muito tempo para o fazer.


ELOGIO
McLaren elogia estreia
de Kevin Magnussen


O director da McLaren, Eric Boullier, exaltou a estreia no fim- de- semana do novato Kevin Magnussen. O dinamarquês, 21 anos, terminou na segunda posição do GP da Austrália na sua primeira corrida na Fórmula 1, superou o experiente companheiro Jenson Button. “Ele teve uma semana incrível. Magnussen não teve erros, dirigiu como um piloto experiente e maduro. Estou impressionado que ele tenha apenas 21 anos e conseguiu suportar bem a pressão”, declarou Boullier.

“Não foi um fim –de- semana fácil. Os dias tiveram condições desafiadoras, mas estou encantado e muito impressionado. Ele foi brilhante”, exaltou.
O dirigente da equipa britânica aproveitou a ocasião para dar a sua opinião sobre as equipas rivais. “A Mercedes é muito rápida, claramente eles estão um passo à frente de todas as outras”, concluiu.