Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equipas finalistas acertam pormenores

Silva Cacuti - 06 de Novembro, 2014

Equipas finalistas acertam pormenores

As quatro equipas finalistas da Taça de Angola, o segundo maior troféu do país, intensificam a preparação para o desafio de amanhã no Pavilhão Principal da Cidadela, competição que encerra a temporada nacional de seniores a nível de clubes. Depois de garantir o apuramento, a formação sénior feminina do Petro de Luanda, detentora do título, começou segunda-feira a preparar o jogo  com o 1º de Agosto, seu principal carrasco na presente temporada.O desafio feminino vai ser o reeditar da final da Taça dos Clubes Campeões que decorreu em Hammamet (Tunísia) em que  o 1º de Agosto se sagrou campeão ao vencer por 27-25.

Nas sessões de preparação, as “ tricolores” vão contar com o grosso de atletas, depois da ausência de algumas jogadoras por lesão e por opção técnica.As “ tricolores”  têm na Taça de Angola a salvação da temporada, depois de perderem o nacional e a Taça dos clubes campeões, para o adversário.Viktor Tchicolaev, treinador do 1º de Agosto, feminino,  tem sido metódico na preparação, analisa profundamente os vídeos dos quatro jogos que enfrentou  o seu adversário da final.

Para chegar à final, o Petro não teve grandes dificuldades para vencer o Progresso Sambizanga, por 28-12, partida que foi decidida ainda na primeira parte, onde a formação “ tricolor” já levava vantagem de 18-7.Já o 1º de Agosto passou pela Marinha de Guerra, a quem venceu  por 38-23.Em masculino, o Interclube,  que está em posse do troféu, vai defrontar o Petro de Luanda, que tenta  fazer a dobradinha na temporada,25 anos depois de andar ausente dos grandes palcos do andebol sénior.O técnico dos polícias, Toni Costa, trabalha  a componente física e táctica, na Ilha de Luanda, para o jogo com os “ tricolores”.Para chegar a final, o Petro de Luanda derrotou o 1º de Agosto por 30-28, quando no tempo regulamentar o placar registava 24-24, enquanto que na outra meia final o Interclube garantiu o passe ao derrotar a Marinha de Guerra por 29-26, com 24-24 no tempo regulamentar.