Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Erikson e Pemba garantem "meias"

Hélder Jeremias - 21 de Agosto, 2014

O inesperado problema impediu o canhoto de 28 anos de defender os troféus dos três eventos, perdendo com isso quatro mil pontos no ranking internacional.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os atletas individuais Erikson Morais e Augusto Pemba garantiram ontem a presença na meia-final do Campeonato Provincial de Ténis de Luanda, prova que decorre desde segunda - feira e vai até amanhã, no Clube de Ténis de Luanda. Augusto Pemba venceu Adilson Afonso por dois sets a um (2-6, 6-2 e 6-3), Erikson Morais bateu Valentim Tussumba por dois sets a zero, com parciais de 6-3, 6-3,  ao passo que Afonso Dieno venceu Alberto Augusto por dois sets a um (6-4, 4-6 e 6-2).

O resultado do jogo entre Manuel Fernandes  e Nicolau Monteiro até a hora do fecho desta edição era desconhecido. Em feminino, Delfina Bastos venceu por falta de comparência  Débora Fernandes, ao passo que Vânia Lopes  superiorizou-se diante da  Princesa Percheiro. por dois sets a zero (7-5, 6-0).
Helder Jeremias

Rafael Nadal treina com Moyá

Um dia após confirmar a notícia da sua desistência do US Open, Rafael Nadal voltou a treinar com uma tala no punho direito e teve o acompanhamento de Carlos Moyá, capitão da equipa espanhola da Copa Davis. Ainda assim, o "número dois" do ranking mundial preferiu não dar um prazo para regressar e a sua presença nos confrontos contra o Brasil em São Paulo, entre os dias 12 e 14 de Setembro, ainda é incerta.

"Acho que é difícil pensar em metas como a Copa Davis. Penso apenas em me recuperar bem", disse Nadal após a sessão de treinos desta quarta-feira à equipa de desportos da IB3, emissora pública espanhola. "É um golpe duro, mas isso é desporto. Em dez anos de carreira, tive bons e maus momentos. Vou voltar quando os médicos me disserem que eu posso bater o "backhand" de duas mãos sem sentir dor. Forçar ou encurtar o tempo de volta é estupidez", assegurou Nadal.

Depois de dois adiamentos para tomar a decisão de competir ou não no último Grand Slam da temporada, Nadal treinou no sábado sem a protecção no punho e sentiu muitas dores para executar o "backhand" com as duas mãos. Foi quando o canhoto de Mallorca percebeu que não podia competir no US Open. "Não tenho opção para competir. Não posso ir a um Grand Slam a golpear apenas o "slice" de "backhand" e a bater bolas com "topspin". Assim é impossível ganhar".

Na terça-feira completam-se três semanas desde que foi diagnosticada a lesão no punho direito de Nadal, que o forçou a desistir, inicialmente, dos Masters 1000 de Toronto e Cincinnati, e depois do US Open. O inesperado problema impediu o canhoto de 28 anos de defender os troféus dos três eventos, perdendo com isso quatro mil pontos no ranking internacional.

Ucrânia-Bélgica
tem lugar em Tallinn

A Ucrânia vai disputar em Tallinn, capital da Estónia, os encontros com a Bélgica do Grupo Mundial da Taça Davis, que deviam  realizar-se em Kiev, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional de Ténis. O local foi proposto pela Federação Ucraniana de Ténis, em consequência da instabilidade política e do confronto entre as forças armadas ucranianas e rebeldes pró-russos, que estão a afectar várias regiões do país.

O embate entre a Ucrânia e a Bélgica, um dos oito encontros dos “play-offs” do Grupo Mundial da Taça Davis, vai realizar-se entre 12 e 14 de Setembro, num pavilhão coberto, em Tallinn, em “court” de piso rápido.