Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Escola Dimitrov é parceira do Estado

Álvaro Alexandre - 12 de Outubro, 2017

A direcção da Escola Dimitrov ambiciona participar nas competições nacionais e internacionais nos próximos meses.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Escola de Xadrez Dimitrov é o novo parceiro do Estado Angolano e vai prestar contributo na socialização e na inserção das crianças e jovens da comunidade de Viana à prática do desporto. O projecto foi anunciado ontem, na Casa da Juventude de Viana, pelo presidente da instituição de ensino e aprendizagem do desporto-ciência, Dimitrov Paulo.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Dimitrov Paulo assegura que o projecto é direccionado às boas práticas e à ocupação do tempo livre dos comunitários. Em quatro mês de existência, as acções da Escola de Xadrez Ditrov atingiram uma abrangência digna de realce, segundo o seu patrono.
\"De boas intenções não falta. As limitações da Casa da Juventude de Viana não nos permite acolher mais crianças e jovens. Actualmente, aprendem as técnicas do jogo-ciência 60 petizes com a idade compreendida entre os seis e 16 anos. Os resultados são animadores e motiva-nos a ampliar os esforços para retirarmos mais crianças dos maus caminhos\", disse.
A direcção da Escola Dimitrov desenvolve uma campanha de expansão da prática de xadrez no município de Viana.
\"A minha instituição presta assistência comunitária. Primeiro, fizemos um levantamento das regiões carentes. Nesse momento, estamos na fase de distribuição de tabuleiros e materiais. A nossa acção é visível no bairro da Caop B. Mais de 20 núcleos acolhem praticantes ocasionais. Para além de beneficiarem do apoio material, os núcleos recebem também a assessoria técnica para facilitar a inserção\", avançou.
O projecto custou largas somas de kwanzas ao jovem empreendedor.
\"Os tabuleiros e as peças foram adquiridas localmente e sem custo aos beneficiados. A tesouraria da Escola de Xadrez Dimitrov financiou aproximadamente um milhão de kwanzas\", estimou.
A formatização das mentes dúbias para sãs é da responsabilidade do Mestre Internacional Luciano Oliveira, atleta do Grupo Desportivo da EPAL. A direcção da Escola Dimitrov ambiciona participar nas competições nacionais e internacionais nos próximos meses.
ÁA